Saúde

18/06/2018 11:32

Várzea Grande atinge meta de vacinar 90% da população dos grupos prioritários contra a gripe

Várzea Grande atingiu a meta de imunizar 90% dos grupos prioritários formado por gestantes, idosos, trabalhadores da saúde, puérperas, professores e crianças, preconizada pelo Ministério da Saúde. No total, foram imunizadas 48.384 pessoas no município até esta sexta-feira (15), correspondendo 96.82%. A campanha de vacinação no município acompanha  a decisão do Ministério da Saúde que optou prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe deste ano até o dia 22 de junho.

O secretário municipal de Saúde, Diógenes Marcondes, comemorou a marca alcançada e agradeceu o empenho dos profissionais integrados na campanha  pertencentes as unidades de saúde. "Já atingimos a meta de 90% do público alvo da cidade. Agora vamos vacinar  até que todas as doses sejam aplicadas, ainda nestes grupos prioritários para atingirmos a marca dos 100%. O alerta continua sendo para os pais ou responsáveis para levarem as crianças para vacinarem. Neste grupo vacinamos 95.45%, dando um total de 18.296 crianças vacinadas, o que poderia ter alcançados os 100% de crianças protegidas”, alertou o secretário.

Dos grupos prioritários nas puérperas foram aplicadas 563 doses da vacina, dando percentual de 102.18%, idosos com aplicação de 17.901 doses (97.13%), professores 3.433 doses aplicadas (98.88%), trabalhadores da saúde com aplicação de  4.869 doses da vacina (97.44%), e gestantes 99.08%, correspondente a 3.322 doses da vacina aplicadas. Já entre as crianças com idades entre seis meses e cinco anos, o índice de vacinação está o 95.54%, sendo aplicadas 18.296 doses da vacina neste grupo.

Casos de Gripe em Várzea Grande -  Em Várzea Grande de acordo com a coordenadoria de Vigilância em Saúde, são 3 casos confirmados de Influenza H1N1 em 2018. Foram notificados 57 casos com suspeita de gripe Influenza H1N1, dos quais 12 foram a óbito. Dos óbitos 3 confirmaram que foram por Influenza H1N1 após os exames laboratoriais e um caso o resultado foi positivo para a Influenza A (H3). Os demais casos ainda estão aguardando resultados de exames.

A vacina contra a gripe é indicada por pessoas em maior risco de transmissão (como profissionais da saúde) ou pessoas com maior possibilidade de desenvolver complicações mais graves (como é o caso de idosos) e  as crianças- grupo mais suscetível. “O inverno é a época de maior circulação do vírus. Precisamos que a população procure um posto de saúde para se vacinar, a fim de evitar o aumento de chances de transmissão, além das formas mais graves da doença entre grupos suscetíveis. É importante que todo público-alvo se vacine, mesmo os que já se vacinaram em outra ocasião”, finaliza Diógenes Marcondes.

As doses aplicadas contra a Influenza imunizam contra os três subtipos de gripe que mais circulam no inverno: A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.