Política

Senador Jayme Campos quer o fim dos privilégios e acredita em mudanças importantes na gestão Bolsonaro

O Senado renovou 54 senadores em um cenário diferente na política brasileira e Senador Jayme Campos avaliou como fruto da multiplicidade de partidos, que hoje somam 34 no país e com 70 novos partidos aguardando aprovação do TSE, além do fato de que, a cada momento da política, existe uma situação diferenciada, onde a população clama por mudanças, apontou. 

A sua reeleição se explica por uma trajetória limpa com prestação de serviço com muito respeito ao cidadão e foi por isso reconduzido ao cargo para um novo mandato, justificou. 

Um dos pontos fortes da campanha foi o comprometimento em terminar com os privilégios de imunidade que precisa acabar para todos os cargos como Juiz, promotor, Deputados, Senador, enfim para todos, por que discorda dessa condição e foi um dos primeiros a levantar essa bandeira e lutar para que a gestão publica seja transparente, afim de que a justiça prevaleça para todo cidadão, “pois ela é para todos, independente de situação política administrativa”, informou. 

O Senado é a Câmara revisora que tem como função buscar um ponto de equilíbrio e os novos senadores, que iniciam seu mandato um pouco afoitos, logo percebem a necessidade da cautela e assim, tudo se acomoda, analisou.

 Com relação à vitória de Jair Bolsonaro, as expectativas do Senador são no sentido de que ele seja um presidente para todos, com boas políticas públicas. Sobre alguns posicionamentos mais exacerbados que o Bolsonaro adotava, Jayme acredita será necessário um maior ponderamento e, portanto, acredita que as mudanças fundamentais para o Brasil no sentido de obter crescimento necessário, com geração de emprego e renda, com a saúde saindo da situação em que está, deve investir naquilo que vai gerar oportunidade do Brasil, que todos querem. 

O parlamentar notou, que Bolsonaro está mais ponderado e isso considera importante para evitar confrontos, que possam comprometer as mudanças necessárias brasil. 

Bolsonaro deve adotar um governo extremamente legalista e fiel defensor da Constituição Federal e por isso, o Senador tem a convicção, de que vai colocar em prática todas as mudanças sem causar rompimento legal.

 
 
 
 

Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.