Policia

28/01/2019 21:25

Mãe registra BO contra companheiro que tentou abusar de filha com retardo mental

A vítima de 12 anos foi socorrida pela irmã que acordou e flagrou a situação
 

Um homem de 20 anos, acabou preso pela Polícia Militar (PM), neste domingo (27), por suspeita de estupro de vulnerável, em uma residência na cidade de Comodoro. A vítima que tem 12 anos, possui retardo mental, estava dormindo em um colchão na sala de casa quando foi acordada durante a madrugada pelo padrasto. A mãe estava trabalho, mas a irmã que dormia no quarto ao lado conseguiu ouvir os gritos de socorro e flagrar a situação.

De acordo com os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), a mãe das meninas recebeu uma ligação dizendo que o padrasto havia abusado de uma das duas filhas.

Questionada, a menina disse aos policiais que estava dormindo em um colchão na sala de sua casa, quando acordou com uma pessoa passando a mão em suas partes íntimas, braços e seios.  Ela pegou o celular para iluminar o local e viu que o suspeito era o padrasto e então começou a gritar por socorro chamando sua irmã.

O suspeito, então, segurou os braços da vítima e tampando a boca dela, impedindo que ela continuasse a pedir ajuda.

A irmã, acordou assim que escutou os gritos e foi até a sala ver o que estava acontecendo. Com a presença da outra enteada, o padrasto soltou a adolescente.

Ele acabou detido pela Polícia e foi encaminhado para a Central de Operações da 2ª CIPM de Comodoro.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

 

Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.