Policia

15/09/2018 10:30 Noticias de Hoje e HiperNoticias

Empregada doméstica vai a bar com namorado e desaparece

Amigos e familiares da empregada doméstica Roseclea Saldanha da Silva Campos, de 49 anos, buscam informações do paradeiro da mulher que desapareceu no dia 7 de setembro, após sair para beber cerveja com o namorado, em um bar da região do Coxipó, em Cuiabá.

De acordo com a irmã de Roseclea, Rosileia Saldanha, a doméstica é moradora do bairro Santa Laura, na Capital. Ela teria aceito um convite do namorado, que não teve o nome revelado, para ingerirem bebida alcóolica em um estabelecimento chamado de “Copo Sujo”, na região do Coxipó.

A mulher saiu de casa por volta das 17 horas para encontrar com o companheiro. Porém, Roseclea não entrou mais em contato com a família. A irmã da mulher disse que ela costumava a sair nos finais de semana, mas que sempre voltava para casa.

“A minha irmã saía nos finais de semana e voltava sempre na manhã de sábado ou domingo. Mas, dessa vez, ela não deu notícias e não conseguimos mais contato. O homem que saiu com ela, também não apareceu e estamos preocupados querendo saber o paradeiro dela”, disse a irmã de Rosiclea ao HiperNotícias.

Rosileia explicou que os familiares começaram a procurar informações na segunda-feira (10), 48 horas após o desaparecimento. Ela justifica que a demora aconteceu devido à burocracia da Polícia Civil.

“Na segunda-feira começamos a procurar pelo paradeiro da minha irmã. Nos aguardamos esse tempo, porque para a polícia tem que dar 48 horas do desaparecimento para começarem as investigações do caso. Na quarta-feira (12), registramos o boletim de ocorrência na delegacia e agora aguardamos que a polícia consiga encontrar a minha irmã”.

Conforme informações, algumas pessoas que estavam no bar viram o homem agredindo a mulher. 

“Eu ouvi alguns comentários que esse homem teria agredido a minha irmã, mas nada disso foi confirmado. Ouvi esse rumores e estamos procurando saber se isso é verdade. Espero que a minha irmã esteja bem e que ela não esteja machucada”, declara. 

O desaparecimento de Roseclea é investigado pelo Departamento de Desaparecidos da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Caso alguém tenha informações sobre o paradeiro de Roseclea, deve pode entrar em contato pelo 190 Polícia Militar ou 197 Polícia Civil.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.