Mato Grosso, 29 de Julho de 2014
05:39:21h

Editoriais


Enquete

Notícias

Política

Jul
07
09:58h - Comentários
Postado por: Administrador
Projeção de crescimento da economia cai pela sexta semana seguida

A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia este ano continua em queda. Pela sexta vez seguida, a estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi reduzida. Desta vez, a projeção passou de 1,10% para 1,07%. Para 2015, a expectativa é de crescimento um pouco maior: 1,5%, a mesma da semana passada. Essas projeções são do boletim Focus, resultado de pesquisa semanal do Banco Central (BC) com instituições financeiras.

 

Para a produção industrial, a projeção de retração passou de 0,14% para 0,67%. No próximo ano, as instituições financeiras esperam por recuperação da produção industrial, com crescimento de 2,10%, contra 2,20% previstos na semana passada.

 

A projeção para a cotação do dólar segue em R$ 2,40, neste ano, e em US$ 2,50, em 2015.

 

As instituições financeiras também mantiveram a projeção para a taxa básica de juros, a Selic, ao fim de 2014, no atual patamar de 11% ao ano. Para o fim de 2015, a expectativa segue em 12% ao ano.

 

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a estimativa permanece em 6,46%, este ano, e em 6,10%, em 2015.

 

A pesquisa semanal do BC também traz a mediana (desconsidera os extremos) das expectativas para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que passou de 5,45% para 5,33%, em 2014, e segue em 5,50%, em 2015. Para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), a estimativa foi ajustada de 5,44% para 5,35%, este ano, e de 5,50% para 5,57%, em 2015.

 

A estimativa da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) passou de 6,04% para 5,77%, em 2014, e de 5% para 4,79%, em 2015.

Jun
27
10:56h - Comentários
Postado por: Administrador
Arrecadação chega a R$ 87 bilhões em maio

A arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 87,897 bilhões em maio, em termos nominais. O valor representa queda de 5,95% em comparação ao mesmo período do ano passado, já corrigida pelo IPCA. É o valor mais baixo desde 2011 para meses de maio e a primeira baixa do ano. Os números foram divulgados hoje (27) em Brasília. Nos primeiros cinco meses do ano, a arrecadação ficou em R$ 487, 207 bilhões, crescimento real de 0,31%.

 

Segundo a Receita Federal, o resultado foi influenciado pela arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) nos meses de janeiro e fevereiro. Houve também, em maio do ano passado, arrecadação extraordinária de R$ 4 bilhões – o que não ocorreu no mês passado.

 

Outro fator que pesou foram as reduções de impostos para estimular o setor produtivo diante da crise iniciada em 2008 e que ainda influencia a economia. Entre as iniciativas estão a desoneração da folha de pagamento, da cesta básica e redução no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na base de cálculo do PIS/Cofins – Importação.

Jun
24
12:29h - Comentários
Postado por: Administrador
57% dos jovens entre 16 e 24 anos não têm interesse em votar

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral e do IBGE, apenas apenas 25% dos brasileiros com 16 e 17 anos tiraram o título de eleitor para votar em outubro. Desde 2006, esse índice registra quedas sucessivas. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Ibope também aponta que 26% da população não estão interessados nas eleições de outubro, quando os brasileiros irão às urnas para eleger presidente, governador, senador e deputados. Conforme a pesquisa, 16% dos entrevistados disseram estar “muito interessados” nas eleições deste ano, 29% responderam “interesse médio" e 29% avaliaram ter “pouco interesse”.

 

Para o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, os percentuais indicam insatisfação das pessoas. De acordo com a pesquisa, a maior parte dos jovens e das pessoas com 45 anos a 54 anos não estão interessadas na eleição. Dos entrevistados entre 16 anos e 24 anos, 12% disseram ter muito interesse no pleito. Somando os que responderam muito interesse com médio interesse, chega-se a 43%. Quando se soma os que escolheram pouco interesse com nenhum, atinge-se 57%.

 

As contradições da política nacional, com alianças bizarras, falta de ética e mudanças de posição de acordo com as conveniências, devem explicar a falta de interesse dos jovens pelas eleições.

Jun
23
11:48h - Comentários
Postado por: Administrador
Cientistas descobrem ligação entre estresse e doenças cardíacas

Que o estresse pode levar a complicações cardíacas e até ao infarto, todos já sabem. Mas agora os cientistas da Escola Médica de Harvard em Boston conseguiram, pela primeira vez, achar elementos que de fato liguem o sintoma à doença. 

A causa, segundo o estudo, seria a produção excessiva de células brancas (leucócitos), estimulada por altas cargas emocionais, que bloqueariam as artérias e outras partes do sistema cardiovascular, impedindo a circulação regular do sangue causando os problemas relacionados ao coração. De acordo com os pesquisadores, o estresse ativaria as células-tronco da medula óssea, que por sua vez gerariam em excesso as células brancas.

 

Para encontrar a ligação, a equipe de Harvard observou 29 colegas médicos que trabalham em unidade de terapia intensiva (UTI), ambiente considerado um modelo para exposição ao estresse crônico por conta do ritmo rápido e pesada responsabilidade que carregam para decisões de vida ou morte.

 

Comparando as amostras de sangue colhidas durante as horas de trabalho e de folga, bem como os resultados de questionários de percepção de estresse, os pesquisadores descobriram que a ligação entre estresse e sistema imunológico estaria na produção excessiva de células brancas.

 

Os leucócitos são uma forma de defesa do organismo, produzidos para combater principalmente infecções, mas a produção excessiva causada pelo estresse quebraria o equilíbrio do corpo humano. Ela também causaria danos a mais a pessoas que sofrem de aterosclerose, ou seja, espessamento das paredes das artérias causada pelo acúmulo de placa bacteriana.

Jun
10
19:51h - Comentários
Postado por: Administrador
IR: 1º lote de restituição pagará R$ 1,9 bilhão

A partir das 9 horas desta quarta-feira, 11 de junho, estará disponível para consulta o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2014, que contempla 1.350.668 contribuintes, totalizando mais de R$ 1,9 bilhão.

 

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições de 2013 (ano-calendário 2012), 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008 (ano-calendário 2007).

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

 

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

 

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

 

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Jun
10
19:51h - Comentários
Postado por: Administrador
PMDB aprova apoio a Dilma nas eleições de outubro

JB

 

Em votação secreta, marcada por uma dissidência de quase 41%, os delegados peemedebistas presentes na Convenção Nacional realizada nesta terça-feira (10) em Brasília aprovaram a reedição da chapa Dilma-Michel Temer, na coligação PMDB-PT para as eleições presidenciais de 2014. Foram 398 votos (59,13%) a favor e 275 (40,87%) contra. Houve ainda 64 votos brancos, nulos e ausentes, segundo a assessoria do PMDB. Na convenção de 2010, a votação registrou 84,85% de votos favoráveis à escolha de Temer como vice de Dilma.

 

Embora o discurso do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (RJ), tenha sido de apoio a Dilma, sabe-se que a bancada fluminense votou contra a coligação, a exemplo dos parlamentares gaúchos e paranaenses. Isso, na verdade, mostra que Pezão ou é cínico, irônico, ou debochado. Pezão parece ter esquecido o almoço oferecido pelo PMDB fluminense ao candidato Aécio Neves, quando foi fechado o apoio ao tucano com a presença de todos os parlamentares que detêm a maioria dos votos. Pezão quer fazer o eleitor de bobo ou de 'otário'.

 

Já em seu discurso, Michel Temer destacou a vitalidade dos peemedebistas: “quero não apenas agradecer, mas revelar aquilo que se vê fisicamente neste auditório: o PMDB é essa força extraordinária”. "Desde ontem eu estou sensibilizado, em nome do PMDB, pelo apoio carinhoso, não é apenas o apoio político, mas o apoio fraterno, no sentido que sustentou a revolução francesa", afirmou.

 

Para Temer, o PMDB garantiu a grande evolução social do país, “por isso que nós estamos nos habilitando para continuar esta coalizão, que será muito útil para o país”. “O Brasil continuará se desenvolver por conta dessa aliança e abrindo espaço para que o PMDB ocupe todos os espaços políticos neste país”, disse.

 

E concluiu: “não quero aplausos para mim, quero aplausos para o maior partido do Brasil, que é o PMDB”.

 

 

Jun
03
09:12h - Comentários
Postado por: Administrador
Felipão admite que pode trocar time titular antes de estreia

O técnico Luiz Felipe Scolari admitiu que pode trocar algum titular da Seleção Brasileira antes da estreia na Copa do Mundo. O treinador, que iniciou os trabalhos na Granja Comary com a mesma equipe que ganhou a Copa das Confederações entre os 11 iniciais, ressaltou que se algum dos reservas estiver rendendo mais, ele pode colocá-lo de titular no duelo contra a Croácia, no dia 12 de junho.

 

"Se eu notar que algum dos jogadores que eu imaginava não esteja em boas condições, em melhores condições, posso trocar sim", contou. O treinador voltou a afirmar que não lhe agradou a forma como o time jogou o treino coletivo realizado neste domingo. E ressaltou que a ausência do volante Paulinho na atividade, que se recupera de uma pancada no tornozelo, não justifica a queda de rendimento do time.

 

"Não gostei mesmo, não estava legal aquilo que eu estava vendo. O Paulinho é um jogador que estava mais acostumado, tem mais frequência. Mas se não joga Paulinho, Pedrinho, Juca, quem entra tem que estar acostumado, já tem que saber como funciona", afirmou Felipão. que lembrou que fará alguns testes na partida desta terça-feira contra o Panamá, em Goiânia.

 

Felipão pediu empenho dos jogadores

Felipão pediu empenho dos jogadores

"Farei seis alterações no jogo desta terça. Em princípio, já decidi por quatro independente do andamento do jogo. Vou esperar as outras duas com uma ou outra posição que possa ter que fazer alguma alteração por questão física ou técnica", disse.

 

Apesar de fazer o alerta para possíveis mudanças na equipe, Felipão contemporizou e disse que nem sempre todas as broncas que dá no banco tem que ser levada com seriedade. Por outro lado, reafirmou que ainda falta alguma coisa em relação ao desempenho do time que ganhou a Copa das Confederações de 2013.

 

"Vocês também não precisam levar a ferro e fogo minhas palavras. Eu dou bronca, esbravejo, reclamou, mas depois vou examinar, repensar. São reações do técnico na hora. Não gostei pronto, chiei na hora. Por isso que tenho uma comissão técnica para me ajudar a fazer essa reflexão, não levem tanto para o lado ruim ou lado bom, não é assim", afirmou.

 

"Só não podemos perder aquilo que tínhamos de identidade. Nossa identidade foi ganha antes da Copa das Confederações. Era aquele estilo, aquela pegada, não pode mudar. O básico não pode esquecer, por isso estou cobrando. Cobrei ontem, vou cobrar hoje na palestra. Claro que falta um pouco de perna pela temporada, mas o resto vou cobrar".

 

Sem as presenças do zagueiro Thiago Silva e dos volantes Paulinho e Fernandinho, que ficaram na Granja Comary para trabalhos físicos, o time titular treinou movimentação de posse de bola e cobranças de escanteio, sem adversários. Do outro lado os reservas praticaram cruzamentos e chutes a gol. Após cerca de 20 minutos, Felipão trocou as equipes.

 

Com esta formação Felipão colocará nesta terça, contra o Panamá, um time em campo com duas mudanças em relação ao que conquistou a Copa das Confederações no último ano. Dante e Ramires são as novidades nos lugares dos poupados Thiago Silva e Paulinho, que devem voltar a jogar no dia 6 de junho, quando o Brasil enfrenta a Sérvia em São Paulo.

 

Broncas abafadas

 

Diferente dos treinos da Granja Comary, quando era possível ouvir com clareza as orientações e broncas de Felipão, nesta segunda-feira o treinador comandou a equipe com as palavras abafadas pelo público. Vinte mil ingressos foram distribuídos gratuitamente para o único treino aberto que a Seleção fará até a Copa do Mundo.

 

No último domingo ficou clara a irritação de Felipão principalmente com a recomposição da defesa em contra-ataques e na marcação dos escanteios. A entrada de Ramires como volante visa ganhar velocidade nesta recomposição e na ligação com o ataque.

Mai
29
09:26h - Comentários
Postado por: Administrador
Protesto de professores em greve tem confronto no Centro do Rio

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe) informou que uma professora foi agredida e presa nesta quarta-feira (28) por policiais militares, durante manifestação dos professores em greve. A categoria fazia uma vigília, como combinado anteriormente, do lado de fora da prefeitura do Rio. Dentro, acontecia uma reunião entre a secretária municipal de educação, Helena Bomeny, e membros do Sepe. De lá, os profissionais partiram para a sede da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), em Santo Cristo. No caminho, aconteceu a confusão que acabou resultando na prisão da professora, que foi acusada de agredir um policial.

 

Segundo Marta Moraes, uma das coordenadoras do Sepe, a professora agredida foi levada algemada para a 4ª DP e transferida para a 17ª. Ela, professores e os advogados da instituição foram para o local. "O policial disse que foi agredido, sendo que ela é que foi agredida, puxada pelo cabelo e está com o braço todo machucado, porque foi algemada e depois arrastada pelas algemas. A polícia está completamente despreparada para lidar com protestos de categorias", criticou a professora, por telefone.

 

Ainda segundo Marta, a reunião na Prefeitura foi infrutífera. "Não tivemos contra-proposta, não estava presente nem o governador nem o prefeito, os chefes do executivo. Também não entregaram planilhas de gastos nem impactos no orçamento, como havíamos pedido", completou Marta.

A assessoria da Polícia Militar foi contactada para comentar o assunto, e respondeu que "A professora foi conduzida para a 17 DP acusada de agredir um policial". A Secretaria Municipal de Educação esclareceu, em nota, que recebeu hoje representantes do Sepe, "dando continuidade ao processo de negociação iniciado antes da deflagração da greve. Durante o encontro, a SME solicitou que fossem entregues estudos técnicos e jurídicos que justifiquem cada item da pauta de reivindicações da categoria". Ainda segundo a SMS, a próxima reunião será agendada, pelo Sindicato, para a apresentação dos documentos solicitados.

 

Os grevistas reivindicam o cumprimento dos acordos estabelecidos durante a última paralisação, que durou 70 dias. A categoria alega que ainda não há 1/3 das aulas voltadas para planejamento de aula, não houve redução de 40 para 30 horas semanais, controle quantitativo dos alunos, nem revisão da matriz curricular. Além disso, eles pedem 20% de reajuste.

 

Eron Morais de Melo, que se veste de Batman durante protestos no Rio, ficou ferido quando os professores tentaram fechar a Avenida Presidente Vargas esta manhã. Segundo o manifestante, ele fazia o bloqueio dos carros quando foi empurrado e agredido por um policial armado com cassetete.

Abr
28
09:56h - Comentários
Postado por: Administrador
Neymar festeja atitude de Daniel Alves e diz que 'somos todos macacos'

Neymar foi um dos primeiros companheiros de Daniel Alves a se manifestar pelas redes sociais sobre o fato inusitado ocorrido com o companheiro de Barcelona na partida deste domingo contra o Villarreal, quando um torcedor atirou uma banana nos pés do lateral do time catalão quando ele se preparava para cobrar um escanteio. Neymar 'endoidou' com a reação do amigo. Daniel Alves, quando viu a banana no gramado a sua frente, deu dois passos em direção à fruta, pegou-a do chão e a comeu, dando de ombros para a provocação.

Neymar escreveu no Instagram: "Deitou!", numa típica demonstração de aprovação de que Daniel Alves tirou de letra a tentativa de ofensa racista.

 

O principal jogador da seleção brasileira e destaque do Barcelona, que só não estava em campo porque recupera-se de uma lesão no pé esquerdo, foi além. "Toma, bando de racistas", postou. O craque brasileiro ainda devolveu a provocação, também dando exemplo aos que ainda enxergam as pessoas como diferentes. "Somos todos macacos! E daí?", escreveu Neymar.

Abr
17
10:20h - Comentários
Postado por: Administrador
Em ligeira queda, taxa de desemprego fecha março em 5%

Mantendo a tendência de baixo nível de desemprego, a taxa de desocupação em março foi estimada em 5% nas seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa foi a mais baixa para o mês desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego, em março de 2002.

 

O resultado representa uma ligeira queda em relação a fevereiro, quando o desemprego havia sido de 5,1%. Em relação a março de 2013, houve uma queda de 0,7 ponto porcentual. O resultado veio abaixo do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que variavam de 5,1% a 5,6%, com mediana de 5,4%.

 

O número de desocupados (1,2 milhão de pessoas) ficou estável frente a fevereiro e recuou 11,6% em relação a março de 2013. O número de pessoas ocupadas (22,9 milhões) nas seis localidades investigadas manteve-se estável em ambas as comparações.

 

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou queda de 0,3% em março ante fevereiro e aumento de 3% na comparação com março de 2013.

Contato
E-mail: noticiasdehoje@hotmail.com
Fones: (65) 9684-6365/8109-1153

Perfil do Noticias de Hoje