Mato Grosso, 18 de Setembro de 2014
14:42:19h

Editoriais


Enquete

Notícias

Ago
30
11:56h - Comentários
Postado por: Administrador
Marina sobe 13 pontos, alcança Dilma e venceria no 2º turno

atafolha divulgou, nesta sexta-feira (29), nova pesquisa sobre a corrida presidencial, que aponta empate entre Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT). As duas candidatas aparecem com 34% das intenções de voto e, em uma possível disputa no 2º turno, Marina venceria com diferença de 10 pontos. Na última pesquisa, divulgada em 18 de agosto, a candidata do PSB tinha 21% das intenções de votos, e Dilma, 36%.

 

Na sequência, Aécio Neves (PSDB) tem 15%, e Pastor Everaldo (PSC), 2%. José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não alcançaram 1% das intenções de voto.

 

Encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, a pesquisa entrevistou 2.874 eleitores, em 178 municípios, entre esta quinta e sexta-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

 

 

 

Segundo turno

O Datafolha simulou dois possíveis cenários de segundo turno, entre Dilma e Marina, e Dilma e Aécio. Em disputa com a candidata do PSB, a atual presidente perderia por 10 pontos - Marina teve 50% das intenções de voto, enquanto Dilma, 40%. Brancos e nulos somaram 7%, e 3% não souberam ou não responderam.

 

Em caso de disputa entre Dilma e Aécio, a candidata do PT venceria com 48%, contra 40% do tucano. Brancos e nulos somaram 9%, e 4% não souberam ou não responderam.

 

Avaliação da presidente

Segundo a pesquisa, a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 35% dos entrevistados - no levantamento anterior, eram 38% -, que classificaram o governo como "ótimo" ou "bom".

 

Os que julgaram como "ruim" ou "péssimo" eram 23%, e agora são 26%, enquanto 39% acreditam que o governo é "regular" - no levantamento anterior, eram 38%. Eleitores que não souberam responder somaram 1%.

 

SAIBA MAIS

Na pesquisa Datafolha divulgada em 18 de agosto, no primeiro turno Dilma tinha 36% das intenções de voto, Marina 21%, e Aécio, 20%. Brancos e nulos somavam 8%, enquanto 9% não souberam ou não responderam.

 

Em possível disputa no segundo turno, a pesquisa anterior apontou que Marina venceria de Dilma com 47%, contra 43% da candidata do PT. Brancos e nulos somaram 6%, enquanto 4% não souberam ou não responderam.

 

Ainda de acordo com a pesquisa anterior, Dilma venceria de Aécio com 47%, contra 39% do tucano. Brancos e nulos somaram 9%, e 5% não souberam ou não responderam.

Ago
14
10:32h - Comentários
Postado por: Administrador
Morte de Eduardo Campos é destaque nos principais jornais internacionais

A mídia internacional deu destaque para a morte do candidato presidencial Eduardo Campos (PSB), nesta quarta-feira (13). Eduardo Campos morreu na queda de um avião de campanha em uma área residencial da cidade de Santos, em São Paulo. O jornal espanhol El País disse que a morte de Eduardo Campos representa uma mudança radical na campanha eleitoral brasileira. O britânico The Guardian disse que a morte do candidato deixa as eleições de outubro em desordem. Outros jornais como os americanos The New York Times, Washington Post e o argentino Clarín também destacaram a morte de Campos.

 

O jornal espanhol El País postou a notícia logo após uma publicação lamentando a morte de Campos feita por Marina Silva via Twitter, vice-presidente de sua candidatura, antes mesmo da confirmação oficial por autoridades. No momento em que a matéria foi publicada pelo El País, os bombeiros já haviam retirado três corpos carbonizados de dentro da aeronave, mas nenhum deles havia sido identificado até então. O jornal apontou também que a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, cancelou sua campanha por três dias.

 

A notícia do acidente também aparecia com forte destaque na mídia argentina. O jornal Clarín ressaltou o fato de que Campos ocupava o terceiro lugar na corrida presidencial das eleições de outubro e lembrou também da parceria do candidato com Marina Silva. A confirmação da morte de Eduardo Campos teria sido feita pelo deputado Julio Delgado em uma conversa por telefone com o deputado federal Márcio Franca, presidente estadual do PSB em São Paulo.

 

No Washington Post, foi publicado um comunicado oficial feito pela presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição. “Todo o Brasil está de luto. Perdemos um grande brasileiro”, teria dito a presidente em seu blog oficial, de acordo com o jornal norte-americano.

 

O The Guardian lamentou morte de candidato

O The Guardian lamentou morte de candidato

O britânico The Guardian disse que a campanha eleitoral foi lançada à incerteza com a perda do candidato. O jornal lembrou que outras seis pessoas faleceram no acidente além de Campos e disse que as mortes provocaram uma onda de luto em todo o país. O britânico disse que o ex-governador de Pernambuco tinha uma relação amigável com o meio empresarial e chocou a sociedade ao se aliar à ambientalista Marina Silva na composição de sua chapa eleitoral.

 

O The Guardian apontou declarações de outros políticos brasileiros, como o deputado federal e ex-jogador de futebol Romário que teria dito que “sob a liderança de Campos, o Brasil teria um futuro melhor”. O jornal britânico lembrou também que Campos havia participado na véspera de uma entrevista ao vivo no televisão brasileira e que era esperado que a entrevista alavancasse os números da votação para Campos.

 

“Grande mudança política”

 

O norte-americano The New York Times deu destaque para o comunicado do vice-presidente Michel Temer (PMDB), que classificou o acidente como “uma tragédia para a política brasileira”. Segundo o jornal, Temer teria dito que Campos era um político de “princípios e valores” e que estava chocado com o acidente.

 

O The New York Times trouxe também um depoimento do vereador Eliseu Gabriel (PSB) dizendo que o partido ainda precisa avaliar a situação para tomar qualquer decisão sobre a forma de avançar e que, no momento, a campanha do partido irá ter uma pausa. Gabriel teria dito ao jornal norte-americano que Campos “representava uma grande esperança para uma mudança profunda na política brasileira” e que “tinha grandes chances de levar a candidatura até um segundo turno”.

Ago
04
12:39h - Comentários
Postado por: Administrador
Chapecoense impõe 1ª derrota a Luxa e recoloca Fla em último

Um gol de bola parada logo aos 8min do primeiro tempo foi o suficiente para a Chapecoense vencer o Flamengo por 1 a 0, neste domingo, na Arena Condá, e devolver a equipe carioca à lanterna do Campeonato Brasileiro. Uma falta batida por Neném, que passou por toda a defesa e entrou direto na meta de Paulo Victor, impôs a primeira derrota ao técnico Vanderlei Luxemburgo em sua quarta passagem pelo clube rubro-negro.

 

O triunfo levou o time catarinense aos 14 pontos ganhos, três acima da zona do rebaixamento. Já o Flamengo parou nos 10 pontos e foi ultrapassado por Bahia e Figueirense pelos critérios de desempate, amargando novamente a última colocação da tabela.

 

A Chapecoense ainda tem um jogo a menos no Brasileiro, que será disputado nesta quarta, contra o Atlético-MG. O Flamengo, por sua vez, recebe o Sport, no domingo, no Maracanã.

 

No primeiro jogo oficial da história entre Chapecoense e Flamengo, o time catarinense aproveitou o apoio da torcida e foi para cima logo no início. A primeira chance de perigo veio em chute forte da intermediária, aos 5min. Logo em seguida, após levantamento de Neném para dentro da área, a bola passou por todo mundo, quase tocou na cabeça de Rafael Lima e entrou direto, abrindo o placar para o time da casa.

 

A principal chance de gol do Flamengo no primeiro tempo foi em um erro de recuo da zaga catarinense - Mugni chutou, mas a defesa conseguiu interceptar. Na volta para o segundo tempo, Luxemburgo tentou dar mais versatilidade às saidas ao ataque e jogou Everton na lateral esquerda, colocando Márcio Araújo no meio-campo e sacando João Paulo. Porém, os catarinenses seguiram melhores em campo.

 

Aos 18min, foi a vez de Alecsandro perder um gol incrível. O centroavante rubro-negro entrou livre na cara do goleiro, mas chutou em cima de Danilo. Com as entradas de Eduardo da Silva e Negueba, o Flamengo conseguiu equilibrar, mas não criou nenhuma chance clara de gol. Com a Chapecoense ameaçando apenas em alguns contra-ataques, o placar não foi alterado até o apito final.

Jul
25
17:22h - Comentários
Postado por: Administrador
Primeiro-ministro de Israel afirma que a guerra vai ser longa

O confronto entre as forças de defesa de Israel e os radicais do Hamas na Faixa de Gaza completou, nesta segunda-feira (28), três semanas. Os esforços diplomáticos por uma trégua duradoura não tiveram efeito e o que se viu foi um aumento do número de mortos nos dois lados do front.

Ainda era madrugada no Oriente Médio quando o Conselho de Segurança da ONU pediu um cessar-fogo imediato e incondicional.

Israelenses e palestinos ainda estavam dormindo e não escutaram, ou não deram ouvidos. Era também o começo de um dia importantíssimo pros muçulmanos, o Eid al-Fitr, quando eles comemoram o fim do mês sagrado do Ramadã e se reúnem em torno de mesas fartas para celebrar união.

Mas em Gaza, quando teve celebração, foi entre os escombros. O dia amanheceu com os mísseis do Hamas atravessando os céus. E tanques respondendo aos ataques.

À tarde, perto da praia, em Gaza, crianças estavam brincando quando uma explosão atingiu um campo de refugiados e um hospital.

O Ministério da Saúde de Gaza disse que oito crianças e dois adultos morreram. O Hamas acusou Israel. E Israel disse que foram foguetes desgovernados do Hamas. "Foram os terroristas em Gaza que atingiram o campo e o hospital", afirmou Peter Lerner, porta-voz das forças israelenses.

Mais uma vez, militantes do Hamas invadiram Israel por terra, usando túneis. Um dos invasores morreu e os outros eram procurados perto da fronteira.

Um foguete lançado de Gaza acabava de matar quatro soldados a dois quilômetros de onde a gente gravava imagens. Um quinto soldado morreu em combate.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que foi um dia doloroso. Netanyahu atacou o Conselho de Segurança da ONU por não mencionar o pedido israelense para desmilitarizar a Faixa de Gaza. E afirmou que a guerra vai ser longa. "Vamos continuar agir de forma firme e responsável até completar a nossa missão", avisou ele.

O número de mortes do lado israelense subiu pra 51, sendo 48 soldados. E, entre os palestinos, são 1.067, com mais de 70% de civis.

O secretário-geral da ONU, que voltou no domingo para Nova York depois de visitar a região, fez um apelo: "Em nome da humanidade a violência tem que parar".

Quando anoiteceu, mais uma bateria de mísseis foi lançada na direção de Israel. É uma noite de bombardeios intensos. A gente ouve o tempo todo o som dos tanques israelenses, os foguetes disparados pelo Hamas. Apesar dos pedidos do Conselho de Segurança da ONU, do telefonema do presidente americano Barack Obama pro primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, tudo não passou de ilusão diplomática.

Jul
21
10:33h - Comentários
Postado por: Administrador
Sangue latino

Gabriel Novis Neves

 

 

As Copas do Mundo trazem à tona a grande diferença emocional entre latinos e europeus.

 

Chamou-nos a atenção, por exemplo, a aparente frieza dos jogadores alemães.

 

Enquanto nós, sentimentalistas desvairados, nos debulhamos em choros e afagos, tanto nas derrotas como nas vitórias.

 

Os germânicos, mesmo na vitória, se comportam de uma maneira distante e fria.

 

É como se um conjunto de alunos de colégios de padre estivesse mostrando a sua distância das coisas terrestres.

 

Nada de tatuagens, nada de cabelos exóticos, nada de afagos mútuos.

 

Nós choramos, sofremos, amamos, mas quem sabe numa intensidade maior que a vida sugere?

 

Os alemães deixam a intensidade das emoções para coisas mais palpáveis, e não para o simples fato, aparentemente de pequena importância, de vinte e duas pessoas disputando por noventa minutos a posse de uma bola.

 

Cuidam de um país com um dos mais altos índices de desenvolvimento do planeta, focado nos eventos culturais e de âmbito social.

 

Não estamos na rabeira do desenvolvimento por simples acaso, mas por puro merecimento. Nossos valores, ainda que equivocados, são absolutamente outros.

 

Gabriel Novis Neves

Jul
21
10:25h - Comentários
Postado por: Administrador
PIB em 2014 cai pela 8ª semana seguida e fica abaixo de 1%

Analistas de instituições financeiras reduziram pela oitava semana seguida a estimativa para o crescimento da economia neste ano. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, caiu para 0,97%. Na semana passada, a previsão era 1,05%. Para 2015, a estimativa segue em 1,50%.

 

A estimativa para a expansão da produção industrial, este ano, também piorou, ao passar de retração de 0,9% para 1,15%. Para 2015, a estimativa foi ajustada de 1,8% para 1,7%, em 2015.

 

O Jornal do Brasil vem alertando para a queda significativa do crescimento do PIB em 2014, principalmente devido à Copa do Mundo e eleições. No início de junho, a divulgação do acréscimo de apenas 0,2% do PIB no primeiro trimestre, aliado à queda de 0,8% da indústria, retração do consumo das famílias em 0,1% e queda de 2,1% nos investimentos, entre outros dados, gerou expectativas pessimistas, com analistas reforçando as chances do PIB ficar negativo em dois trimestres seguidos - devido a resultado negativo no terceiro trimestre ou no primeiro, após uma revisão de seu desempenho, com o índice negativo do segundo trimestre já quase dado como certo.

Jul
17
10:26h - Comentários
Postado por: Administrador
Dunga volta à Seleção com aval da CBF

A Rádio Jovem Pan, por meio do jornalista Wanderley Nogueira, informa que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) assinou contrato com Dunga na tarde deste sábado e o treinador voltará ao cargo que deixou há quatro anos.

 

A emissora noticia desde a última quinta-feira, quando Gilmar Rinaldi foi anunciado coordenador de Seleções, a conversa para o retorno do técnico para substituir Luiz Felipe Scolari.

 

A CBF marcou para a próxima terça-feira a apresentação do novo treinador, mas cria suspense com o nome. Até o momento nenhum dirigente da entidade se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Jul
17
10:26h - Comentários
Postado por: Administrador
Atividade econômica tem queda de 0,18% em maio

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,18% em maio, na comparação com abril. Essa foi a segunda vez no ano que o resultado mensal ficou negativo. De acordo com os dados revisados, a retração ficou em 0,09%, em fevereiro.

 

Na comparação com maio de 2013, houve queda de 0,17%, de acordo com dados sem ajustes, uma vez que a comparação ocorre entre períodos iguais. Em 12 meses encerrados em maio, a expansão ficou em 1,93% e, no ano, o crescimento chegou a 0,58%.

 

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice traz informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

Jul
15
10:18h - Comentários
Postado por: Administrador
Saiba quanto cada seleção recebeu por participar da Copa do Mundo

As seleções que caíram ainda na primeira fase da Copa não voltaram de mãos vazias: cada uma delas levou R$ 17,7 milhões.

Foram elas Espanha, Equador, Portugal, Croácia, Bósnia, Costa do Marfim, Itália, Rússia, Gana, Inglaterra, Coreia do Sul, Irã, Japão, Austrália, Honduras e Camarões

Jul
15
10:16h - Comentários
Postado por: Administrador
Hoje tem Vasco e Santa Cruz pela série B

Três semanas após o jogo Colômbia 4 x 1 Japão que marcou sua despedida na Copa do Mundo de 2014, a Arena Pantanal será reaberta, na noite desta terça-feira (15) com a partida entre Vasco e Santa Cruz, válida pela Série B do Campeonato Brasileiro. A principal atração da partida será a estréia do atacante Kléber Gladiador na equipe vascaína que tenta deslanchar na busca do acesso à primeira divisão. O jogo, pela 11ª rodada da competição, está marcado para as 20h50 (de MT).

Contato
E-mail: noticiasdehoje@hotmail.com
Fones: (65) 9684-6365/8109-1153

Perfil do Noticias de Hoje