Mato Grosso, 20 de Abril de 2014
10:56:33h

Editoriais


Enquete

Notícias

Abr
17
10:33h - Comentários
Postado por: Administrador
Jesus e a exaltação à Vida

A mensagem da Semana Santa não é a da ruína, mas de vitória. Vitória sobre a morte!

Em “O Drama Milenar do Cristo e do Anti-Cristo”, escreveu Huberto Rohden (1893-1981): “(...) o Cristo sempre ressuscita, mesmo de túmulos fechados, sigilados e guardados por Seus inimigos. É proibido ressuscitar — mas Ele sempre ressuscita... Os Seus verdadeiros amigos O encontram sempre glorioso, por toda a parte, em todos os tempos”.

Realmente, contra todas as perspectivas, vencendo dramas, lutas e guerras, o Celeste Taumaturgo a todo momento ressurge nos corações de Boa Vontade. É o triunfo do Amor, que se manifesta das mais surpreendentes formas, dando continuidade à existência. Porque a Paixão de Jesus não canta a morte, mas exalta a vida, Vida Eterna.

Aí está. Onde há vida, diz o povo, há Esperança.

 

LEVANTA E ANDA, HUMANIDADE!

No Evangelho do Cristo, Mateus relata, nos versículos de 1 a 8 do capítulo 9º, que “entrando Jesus num barco, passou para a outra banda do lago e foi para a Sua própria cidade.

“E eis que Lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Tem bom ânimo, filho; estão perdoados os teus pecados.

“Mas alguns escribas diziam consigo: Este blasfema.

“Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, perguntou: Por que cogitais o mal nos vossos corações?

“Pois o que é mais fácil dizer: Estão perdoados os teus pecados, ou: Levanta-te e anda?

“Ora, para que saibais que o Filho de Deus tem sobre a Terra autoridade para perdoar pecados — determinou ao paralítico: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.

“E, levantando-se, partiu para sua casa.

“Vendo isto, as multidões, possuídas de temor, glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens”.

Que cada criatura tenha a fé daqueles que carregaram até Jesus o paralítico, a ponto de comover o Divino Mestre, que então lhe ordenou: “— Surge et ambula!”. — “Levanta e anda”, Humanidade!

Curioso este mundo!... Multidões consideram-se cristãs. Mas quando se fala a respeito do Evangelho, há quem exclame surpreso: “Hein?!”. A impressão que passa é que muitos jamais sequer abriram o Novo Testamento.

Eis o caso da Semana Santa: como gerações e gerações não se debruçaram do modo que deveriam sobre o Livro Sagrado, quando os povos alcançam períodos de transição semelhantes a este que vivemos, percebe-se em parte da mídia menor cuidado ao fato que marca a afirmação do Cristianismo desde os seus primeiros passos: a Ressurreição de Cristo Jesus!

Ademais, muita gente acostumou-se a guardar da Semana Santa a imagem da Crucificação (morte) de Jesus, embora o seu grande recado se encontre estampado na Ressurreição, que é Vida, e Vida perene.

O Evangelho não é um livro ocioso. Sua mensagem permeia Céu e Terra. É urgente que a divina pregação de Jesus realize, mesmo nos territórios em que ela fincou raízes, sua extraordinária missão: civilizar a civilização humana com a vivência do Novo Mandamento do Cristo: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Boa Nova segundo João, 13:34 e 35). É obra da paciência.

Já dizia o filósofo que a mais difícil fronteira a ser suplantada é a do cérebro humano, inclusive nas nações cristãs. Mas o ânimo e a vontade de avançar vêm do próprio Cristo, que atestou: “Eu venci o mundo!” (Evangelho consoante J oão, 16:33).

 

Abr
17
10:31h - Comentários
Postado por: Administrador
Cultura Brasileira

Neste mundo globalizado, neste tempo em que o fato ocorrido no mais remoto rincão da Terra chega instantaneamente ao conhecimento geral, neste nosso tempo, a influência de um povo sobre outro povo, de uma cultura sobre outra cultura é fenômeno que não pode ser evitado. O intercâmbio de experiências é mesmo salutar para o progresso de todos. Não obstante essa realidade, cada país tem o direito de escolher seu caminho.

 

O país que tem a liderança econômica, política e militar, hodiernamente, tende a praticar um tipo de imperialismo diferente do que foi adotado em outras fases da História. Prefere colonizar culturalmente. Decreta a verdade, as escolhas políticas, econômicas, jurídicas, o modo de pensar, vestir, o lazer, a música nos países que estão sob sua égide.

 

Creio que a mais eficiente forma de nos defendermos da invasão estrangeira consiste na valorização da Cultura Brasileira. Emprego aqui o termo cultura no sentido sociológico (cultura espiritual), e não na acepção antropológica (cultura material).

 

Temos sim no Brasil uma Cultura que nos singulariza como povo. Foi à identificação e ao registro dessa cultura que Câmara Cascudo dedicou sua vida. Esse Cascudo que, segundo Carlos Drummond de Andrade, “fez coisas dignas de louvor, em sua contínua investigação de um sentido, uma expressão nacional que nos caracterize e nos fundamente na espécie humana.”

 

A Cultura Brasileira é a síntese da alma nacional, síntese a que se chega pela soma e fusão de nossas culturas regionais e locais.

 

Todos os Estados da Federação podem comparecer com seu quinhão de oferta na edificação dessa cultura. Universidades que se espalham pelo território nacional podem todas trazer sua contribuição para a reflexão coletiva. Jornais publicados em todo o nosso espaço geográfico devem ser lidos, rompendo as fronteiras estaduais (hoje inclusive com o auxílio da internet). Livros que vêm à luz ali e aqui, alguns sob a chancela de pequenas editoras, merecem circular amplamente. A jurisprudência dos tribunais e as decisões de primeiro grau, venham de onde vierem, fazem jus a cuidadosa análise. Na televisão é preciso que haja uma maior regionalização dos programas. Mesmo os fatos nacionais devem ser interpretados e discutidos à luz das realidades locais, por jornalistas locais, por pessoas da comunidade.

 

Essa consciência de que os frutos do espírito brotam de norte a sul do país enriquecerá o cabedal de nossa riqueza cultural e contribuirá para o fortalecimento da nacionalidade.

 

 

 

João Baptista Herkenhoff, Juiz de Direito, conferencista e Livre-Docente da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem dado cursos e seminários de Cultura Brasileira em universidades e em outros espaços culturais. Autor de vários livros, o mais recente é: Encontro do Direito com a Poesia – crônicas e escritos leves (GZ Editora, Rio de Janeiro).

Abr
17
10:20h - Comentários
Postado por: Administrador
Em ligeira queda, taxa de desemprego fecha março em 5%

Mantendo a tendência de baixo nível de desemprego, a taxa de desocupação em março foi estimada em 5% nas seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa foi a mais baixa para o mês desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego, em março de 2002.

 

O resultado representa uma ligeira queda em relação a fevereiro, quando o desemprego havia sido de 5,1%. Em relação a março de 2013, houve uma queda de 0,7 ponto porcentual. O resultado veio abaixo do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que variavam de 5,1% a 5,6%, com mediana de 5,4%.

 

O número de desocupados (1,2 milhão de pessoas) ficou estável frente a fevereiro e recuou 11,6% em relação a março de 2013. O número de pessoas ocupadas (22,9 milhões) nas seis localidades investigadas manteve-se estável em ambas as comparações.

 

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou queda de 0,3% em março ante fevereiro e aumento de 3% na comparação com março de 2013.

Abr
10
19:39h - Comentários
Postado por: Administrador
crescimento da América Latina é decepcionante, segundo Banco Mundial

Um dia após o Fundo Monetário Internacional (FMI) traçar um recorte do crescimento da América Latina, o jornal El País divulgou uma matéria nesta quinta-feira (10) onde o Banco Mundial classifica o crescimento da região como ‘decepcionante’ e fala da necessidade da intensificação de reformas. Na matéria, o Banco Mundial diz que a taxa de crescimento dos países latino-americanos deverá ficar em 2,3% ao ano, dois décimos a menos do que foi previsto pelo FMI na véspera.

 

>> 'El País': FMI reduz crescimento em quase meio ponto para a América Latina

 

A notícia do jornal espanhol ressalta ainda uma desaceleração generalizada nos países emergentes apontada pelo Banco Mundial. De acordo com a instituição, a taxa é menos da metade dos 5% de crescimento que vinha sendo mantida nos últimos anos.

 

De acordo com os dados indicados na matéria, os rendimentos dos países, contudo, são bastante heterogêneos. O menor crescimento previsto foi o da Venezuela, com 1%, enquanto que para o Panamá está prevista uma taxa de 7%, seguido pelo Peru, com 5,5%. Chile e Colômbia seguem com números superiores a 3,5% e o México, graças a reformas classificadas pelo FMI como impressionantes, deverá crescer 3%.

 

Segundo o El País, o Brasil aparece com resultados preocupantes. Maior economia da América Latina, o crescimento projetado para o país não chega nem a 2%. O Banco Mundial lamentou a ausência de uma agenda de reformas para tentar reverter esse quadro de baixos investimentos e economia prejudicada.

 

Apesar disso, a matéria aponta fatores que tornam a América Latina mais resistente a choques externos. O jornal espanhol ressaltou que a região caminha bem para um equilíbrio na forma em que se financia, dado que não é mais tão dependente de crédito de bancos internacionais, como era nos anos 1990. O jornal apontou ainda que no momento, a América Latina empresta mais recursos do que solicita.

Abr
09
08:57h - Comentários
Postado por: Administrador
Ministro garante que aeroportos vão atender demanda da Copa

Apesar de atrasos em Fortaleza e Salvador, que terão obras incompletas durante a Copa do Mundo, o ministro-chefe da secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco, garantiu que os aeroportos brasileiros estão preparados para a demanda extra do período da Copa do Mundo.

 

“Tivemos mais passageiros circulando no feriado do fim de ano no Brasil do que teremos na Copa, e não haverá problemas”, disse.

 

O ministro também ressaltou que, somente no Rio de Janeiro, os aeroportos tiveram mais passageiros extras do que são esperados durante a Jornada Mundial da Juventude com o Papa. “Os dois aeroportos do Rio bateram recordes de passageiros/dia durante a visita do Papa, então estamos preparados”, disse.

 

A única ressalva que Moreira Franco fez foi quanto às chuvas, porque há aeroportos que não conseguem operar com equipamentos por suas configurações. “Não há previsão de chuvas para a época, mas a única negociação que não conseguimos fazer é impedir a chuva nos dias do mundial”, disse. Se isso ocorrer, pode haver atrasos, mas não pela simples demanda da Copa

 

O ministro participou de audiência pública promovida pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados que discute o andamento das obras de reforma e ampliação dos aeroportos das cidades-sede da Copa do Mundo.

Abr
07
09:42h - Comentários
Postado por: Administrador
Tresópolis (RJ) recebe "maquiagem" para a Copa de 2014

Uma ampla reforma que durou dez meses e com investimento na ordem de R$ 15 milhões, a Granja Comary, Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CT/CBF), em Teresópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, ganhou uma infraestrutura luxuosa para receber a seleção brasileira durante a Copa do Mundo.

A reinauguração do CT, no mês passado, foi o primeiro passo para preparar a cidade que estará na rota de visitação dos turistas e da imprensa mundial. No entanto, Teresópolis ainda possui marcas da tragédia dos temporais que destruíram bairros inteiros em 2011. Nos últimos três anos, a população reclama do abandono das autoridades e nem os imóveis destinados aos desabrigados das enchentes foram entregues até o momento pelo poder público.

Abr
05
10:29h - Comentários
Postado por: Administrador
Campanha de vacinação contra o HPV é considerada sucesso pela OMS

Com a meta de vacinar, até o final do ano, 80% das meninas com faixa etária de 11 a 13 anos, o Ministério da Saúde está próximo do sucesso da campanha contra o HPV. Mais de 58% da meta já foi alcançada e cerca de 2.445.005 meninas já tomaram a primeira dose da vacina. No Rio de Janeiro, o objetivo é vacinar 317.591 adolescentes. Desse total, 168.662 já aderiram à campanha.

 

A Organização Mundial da Saúde elogiou a iniciativa do Governo brasileiro. Em uma nota publicada no site, a OMS declarou apoio à “decisão brasileira de propiciar gratuitamente a vacina às adolescentes, num marco integrado para a prevenção e o controle do câncer de colo do útero”. Na publicação, o Diretor Adjunto da Organização Panamericana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, Jon Andrus, afirma: “A medida terá um grande impacto na saúde das meninas de hoje e das mulheres do futuro”.

 

Para o vice presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro, Nelson Nahon, “a vacinação é importante e gera efeito”. Nahon, contudo, acredita que a faixa etária poderia ser ampliada a fim de atingir mais adolescentes e até mesmo mulheres que já iniciaram a vida sexual. “Outro ponto seria incluir meninos, já que o HPV também atinge homens e pode desenvolver câncer”, opina. Ainda segundo o vice presidente do CREMERJ, o Ministério da Saúde tem tomado decisões valorosas na prevenção de doenças. “A introdução do HPV no calendário de vacinação é um grande avanço na prevenção de condilomas. Agora podemos começar a pensar na vacinação contra a Hepatite A, que mata muitas pessoas”, reitera Nahon.

 

O HPV

 

O HPV é um condiloma causado pelo Papilomavírus humano. É popularmente conhecido como verruga genital, crista de galo, figueira ou cavalo de crista. É uma doença sexualmente transmissível com mais de 100 tipos de vírus. Alguns podem causar câncer no colo do útero e no ânus. Não é possível prever quanto tempo o HPV pode permanecer sem sintoma, assim como acontece em outras doenças, como a AIDS.

 

A vacina não descarta a necessidade do uso de camisinha nas relações sexuais, que também evita a transmissão de outras DSTs. Quando há lesão (verrugas", há mais risco de contaminação. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos.

 

Polêmica

 

Quando o Ministério da Saúde anunciou a campanha de vacinação contra o HPV, grupos religiosos mostraram insatisfação. Para eles, a prevenção seria um estímulo para que as meninas, entre 11 e 13 anos, iniciassem a vida sexual precocemente. Para Nelson Nahon, a intenção da campanha não é desrespeitar as práticas religiosas de fies. “É preciso ter diálogo com as meninas. O que vai fazer com que ela perca a virgindade é, além da vontade, o conhecimento. Se ela foi criada em determinada religião, os pais precisam conversar com elas sobre isso e dizer que a vacina irá prevenir contra doenças graves até mesmo depois do casamento”, explica.

 

Outro ponto importante ressaltado por Nahon é que a vacina tem o objetivo de previnir a mulher contra o câncer. “Não estamos estimulando a relação sexual, estamos prevenindo doenças. Mesmo que a menina perca a virgindade após o casamento, ela pode desenvolver doenças sexualmente transmissíveis. Do mesmo jeito que a educação sexual previne a gravidez precoce, a vacinação previne o câncer. Já imaginou o sofrimento de uma mãe, que se recusou a vacinar sua filha e descobre que, por isso, a menina está com câncer?”, esclarece Nahon.

 

A vacina

 

Leia a nota do Ministério da Saúde sobre a segurança da vacina:

 

“Usada como estratégia de saúde pública em 51 países, a vacina utilizada no Brasil é recomendada pela OMS e tem eficácia de 98% contra o vírus HPV. O Comitê Consultivo Mundial sobre Segurança das Vacinas, responsável por prestar assessoramento científico à OMS, atestou novamente a segurança da vacina contra o HPV, durante reunião realizada no dia 12 de março.

 

Desde o lançamento da vacina contra o HPV, em 2006, mais de 170 milhões de doses foram aplicadas no mundo. Diversos estudos - que monitoraram durante anos milhares de pessoas vacinadas na Austrália, Europa e América do Norte - excluíram a ocorrência de eventos adversos graves ou permanentes”.

Abr
04
12:21h - Comentários
Postado por: Administrador
Ex-prefeito André Bringsken é inocentado pela Justiça

Foto: Evilásio Alves/DC

O juiz da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Paulo Cézar Alves Sodré proferiu sentença improcedente ao ex-prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, Jacob André Bringsken. O mesmo foi acusado, após seu mandato, de fraudar a licitação para a compra de um veículo com recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS). De acordo com a decisão judicial, a peça acusatória imputou ao ex-prefeito, a suposta prática de crime tipificado no artigo 89 da Lei nº 8666/93.

 

Em sua defesa, os advogados Rubney Cano de Brito e Victor Alipio Azevedo Borges, alegaram que o ex-prefeito, logo que tomou posse do cargo em 2001, fez o pagamento de débitos deixados pela gestão anterior à sua, para quitação da compra do veiculo destinado aos serviços de saúde no município.

 

Em alegações finais, o Ministério Público Federal em Mato Grosso entendeu que não teria como afirmar categoricamente a participação de André Bringsken nas denúncias apresentadas à época. Com isso, o MPF pugnou pela absolvição do ex-prefeito no caso, embora havendo a obrigatoriedade da realização do certame licitatório para o pagamento do veículo.

Abr
02
09:24h - Comentários
Postado por: Administrador
Biocombustível: 335 mil toneladas anuais de óleo de palma serão produzidas

O projeto Belém Bioenergia Brasil, da Belém Bioenergia Brasil (BBB), foi assinado nesta terça-feira (1/4) pela Petrobras Biocombustível, a Galp Energia e a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). O contrato, que foi assinado na capital do Pará, receberá recursos do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e tem a previsão de uma produção de cerca de 335 mil toneladas anuais de óleo de palma, a partir de três polos agroindustriais do Estado.

 

A estimativa vai além e prevê a fabricação de 270 mil toneladas de green diesel por ano em Portugal. O investimento do FDA foi anunciado em R$ 576 milhões e a conclusão das atividades será em 2015.

 

Pelas previsões no acordo, até o final deste mês, a plantação feita pela empresa deve abranger cerca de 43 mil hectares. No momento, já foram cobertos 27 mil hectares, com cerca de 4,3 milhões de mudas de palma nos municípios de Tailândia e Tomé-Açu, Moju, Ipixuna e Mãe do Rio. Outro fator positivo do projeto é a geração de emprego na região. Algumas áreas foram arrendadas pela BBB e nelas incentivado o cultivo próprio, abrindo 2.600 empregos diretos. Até 2015, seis mil trabalhadores devem ter ingressado no setor agroindustrial na região, através do Belém Bioenergia.

 

Parcerias com famílias de agricultores e produtores de médio e grande porte também devem ser oficializadas nesse período. Estrategicamente, a empresa incluiu novos contratos de agricultura familiar e em pouco tempo 320 acordos devem ser firmados com a classe paraense. Partindo dessa estimativa, cerca de 600 pequenos produtores devem ingressar no plantio até o final das atividades.

Abr
02
09:24h - Comentários
Postado por: Administrador
Falta de chuvas antecipa para julho previsão de 'colapso' no Cantareira

 

 

02/04/2014 07h00 - Atualizado em 02/04/2014 09h09

Falta de chuvas antecipa para julho previsão de 'colapso' no Cantareira

No pior cenário de estiagem, estimativa anterior citava 'final de agosto'.

Sistema abastece Grande SP e as regiões de Piracicaba e Campinas.

 

Do G1 Piracicaba e Região

9 comentários

Rio Piracicaba (Foto: Camila Ancona/G1)Bancos de areia no leito do Rio Piracicaba voltaram a surgir em trecho urbano (Foto: Camila Ancona/G1)

 

A estiagem atípica registrada no primeiro trimestre antecipou de agosto para julho a previsão de "colapso" no Sistema Cantareira, que abastece a Grande São Paulo e as regiões de Piracicaba (SP) e Campinas (SP), aponta estudo do Grupo Técnico de Assessoramento para Gestão (GTAG) do mecanismo.

 

Em fevereiro, o grupo previa que o volume útil das represas se esgotaria no "final de agosto" no cenário mais pessimista de falta de chuvas. Agora, nestas mesmas condições, a estimativa é que a água acabe em "meados de julho", forçando a retirada do volume morto, que necessita de bombeamento para ser captado, a partir de então.

 

O relatório é assinado pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), Agência Nacional de Águas (ANA), comitês das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) e das Bacias do Alto Tietê e pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) após reunião realizada sexta-feira (28).

Represa localizada na cidade de Vargem (SP), nesta quinta-feira (13). O índice que mede o volume de água armazenado no Sistema Cantareira registrou novo recorde negativo. (Foto: Luis Moura/Estadão Conteúdo)Nível do Sistema Cantareira teve novo recorde

negativo (Foto: Luis Moura/Estadão Conteúdo)

 

O comunicado ainda recomenda que a ANA e o DAEE apoiem o Comitê PCJ a estabelecer planos de contingência para a operação dos sistemas municipais de abastecimento nas cidades que dependem do Sistema Cantareira. O nível dos reservatórios chegou a 13,8% na última semana e, pela primeira vez na história, atingiu volume acumulado menor que 14%.

 

A Câmara Técnica de Monitoramento Hidrológico do Comitê PCJ propôs nesta segunda-feira (31) metas de redução de consumo de água de até 50% para a "sobrevivência" do Cantareira. Conforme os cálculos da câmara técnica, metade da água da Grande São Paulo depende do Cantareira e, com a economia de 50%, a região não precisaria se abastecer do sistema temporariamente durante o período de estiagem.

Contato
E-mail: noticiasdehoje@hotmail.com
Fones: (65) 9684-6365/8109-1153

Perfil do Noticias de Hoje