Cultura

Obra Social Beneficente Anjo Gabriel recebe troco Solidário

A Obra Social Beneficente Anjo Gabriel recebeu um grande incentivo para continuar seu trabalho social, realizado com aproximadamente 120 crianças e adolescentes da região do bairro Pedra 90. A rede de Supermercados Comper, empresa do Grupo Pereira, entregou para a instituição o valor R$ 55.277,10 do seu Projeto Troco Solidário. A arrecadação foi record, desde que o projeto passou a ser bimensal.

Durante a cerimônia da entrega do Troco Solidário, a coordenadora Pedagógica da instituição Eunice Botelho recebeu o montante do projeto e muito emocionada agradeceu a oportunidade de participar deste belíssimo projeto. “Nós vivemos da ajuda solidária de todos aqueles que acreditam que a transformação de uma sociedade começa na educação das nossas crianças.  A equipe do Comper foi nossa fada madrinha. O cheque veio com valor agregado, porque nós recebemos muita atenção, energia, solidariedade, carinho e afeto de toda equipe”, enfatizou. O valor recebido com este projeto será utilizado para comprar cadeiras adequadas para o estudo, alimentação não perecível para o ano todo. 

Ronaldo Paganini, gerente regional do Comper disse que é gratificante participar desse momento, ver o brilho nos olhos das crianças da instituição. “Nós agradecemos muito aos nossos clientes que acreditam e apoiam este projeto. Toda doação, independente do valor, pode ser feita em dinheiro e também através dos cartões de crédito e de débito em todos os supermercados Comper de Cuiabá e Várzea Grande”. Ele também agradeceu os gerentes e os operadores de caixa, pelo trabalho que realizam que em apenas dois meses conseguiram um valor bem expressivo.

Três operadoras de caixa foram homenageadas

Homenageadas pelo melhor desempenho na arrecadação. O primeiro lugar foi para Rosangela da Silva, da loja do CPA 1; o segundo lugar foi Bruna Goes, da  loja da Prainha e o  terceiro foi para Bruna Amorim, da loja Jardim dos Estados, em Várzea Grande..

Iniciada nova arrecadação

Na oportunidade foi destacado que desde o dia 1º de novembro até o dia 31 de dezembro as doações são para o Instituto IRPAMEQ. A representante da instituição, a voluntária Cenita Bertoldo disse que o valor que irão receber do Troco Solidário será utilizado será muito importante, pois a instituição trabalha na proteção e defesa da mulher dependente química e atende as crianças e idosos do bairro Planalto, que é  bem desnivelado na pirâmide social de Cuiabá.  


O Boticário separa dica de cuidados com a pele no verão

Nativa SPA Karité e Cuide-se Bem Anticelulite, lançamentos da marca, prometem conquistar um espaço na rotina de beleza

 

Férias de final de ano, sol, sombra e água fresca. Esses são alguns dos sinais de que chegou a estação queridinha dos brasileiros: o verão! Porém, justamente nessa época cheia de compromissos, a nossa rotina de cuidados deve ser redobrada para ajudar, prevenir e até mesmo compensar os nossos abusos. Mas nem só de protetor solar uma pele sobrevive a essa temporada. Para te ajudar a tirar essa situação de letra, O Boticário lançou duas linhas incríveis que vão se tornar suas maiores aliadas, Nativa SPA Karité e Cuide-se Bem Anticelulite.

Sabemos que quando a gente exagera, a pele pede hidratação e proteção mais intensas, o que encaixa perfeitamente com essa época. Por isso, a linha Nativa SPA Karité, com itens para os cabelos e para o corpo, é a pedida para esse momento. O segredinho dos produtos fica por conta da combinação de manteiga de karité com as gotas purificadas de quinoa. Juntas, elas formam uma camada nutritiva duradoura que garante uma ultrahidratação e proteção da pele.

A manteiga de karité, com sua estrutura superemoliente, é de fácil aplicação e de rápida absorção. Sua ação protetora previne e reduz o ressecamento, melhorando a textura da pele e dos cabelos já na primeira aplicação. Para complementar esse boost de cuidados pessoais, as gotas purificadas de quinoa - que são um óleo 100% puro extraído do grão - beneficiam pele com o aumento em até 70% da produção de colágeno e 3x da produção de elastina*. O resultado é uma pele mais firme, mais hidratada e com maior elasticidade.

E falando em pele mais firme, o que acha de potencializar ainda mais esse resultado? Essa é a proposta da linha Cuide-se Bem Anticelulite. Em formato de gel creme corporal, esse produto com concentração de 3% de cafeína em sua composição garante uma pele mais firme, tonificada e uniforme. O mais bacana é que ele traz resultados em apenas dois meses de uso*. Fácil de aplicar e de rápida absorção, ele pode ser utilizado na região do abdômen, coxas e glúteos. E, para potencializar o efeito da linha, a marca lança também um massageador, acessório que aumenta a eficácia do tratamento por ajudar na circulação do sangue na região.

Agora, mais do que nunca, sobram motivos para dar aquela atenção especial para o seu corpo e colocar a pele para viver, não é mesmo?

*Aumento da elastina e colágeno do tipo 1, de acordo com testes realizados em cultivo celular.

*Resultados comprovados através de testes Instrumental e de Eficácia Percebida

 

SERVIÇO

Cuide-se Bem Anticelulite – R$ 64,90

Massageador – R$ 29,90

  • Fácil aplicação e rápida absorção;
  • 3% de cafeína em sua composição, ajudando na retenção de líquidos, removendo toxinas e reduzindo o inchaço das regiões afetadas;
  • Pele mais macia, uniforme, firme e vitalizada;
  • Resultados em dois meses com a aplicação do produto uma vez ao dia;
  • Tratamento avançado para celulite.

 

Creme desodorante corporal ultra hidratante para o corpo e áreas ressecadas NativaSPA Karité  

Preço: R$ 45,90 – 200 g

  • Enriquecido com gotas purificadas de quinoa, que aumentam a produção de colágeno e previnem a perda da elasticidade da pele;
  • Alta concentração de manteiga de karité em sua composição;
  • Ideal para peles ou regiões extra-secas que precisam de nutrição e cuidado, garantindo redução no ressecamento e aspecto esbranquiçado na primeira aplicação.
  • Possui micropartículas de fragrância que são liberadas cada vez que a pele é tocada;

 

Loção desodorante corporal ultra hidratante Nativa SPA Karité  

Preço: R$ 54,90 – 400 ml R$ 34,90 - 200ml

  • Protege a pele e reduz o ressecamento já na primeira aplicação;
  • Fórmula ultra hidratante feita a partir da combinação de gotas purificadas de quinoa e manteiga de karité;
  • Possuí micropartículas de fragrância que são liberadas cada vez que a pele é tocada
  • Sua embalagem de 400 ml é feita com PET reciclado. Por usar esse tipo de material, por ano, incorporamos o equivalente mais de 40 mil garrafas de refrigerante de 2 litros que, se empilhadas, teriam a altura de 370 estátuas do Cristo redentor. Sua fabricação ainda utiliza um processo 100% a frio, o que significa menor consumo de energia reduzindo o impacto.

 

Óleo desodorante corporal ultra hidratante Nativa SPA Karité  

Preço : R$ 67,90 – 250 ml

  • Fórmula ultra hidratante feita a partir da combinação de gotas purificadas de quinoa e manteiga de karité;
  • Forma um filme nutritivo que garante a proteção da pele do ressecamento e deixa um toque aveludado;
  • Indicado para quem não tem o hábito de passar hidratante após o banho;
  • 100% óleo vegetal.

 

Sabonete em Barra Massageador Nativa SPA Karité

 Preço: R$ 9,90 - 90 g

  • O produto tem espuma cremosa que, enriquecida com manteiga de Karité e gotas purificadas de quinoa, evitam o ressecamento da pele;
  • Seu formato massageador auxilia na estimulação da circulação da pele, além de sensação agradável durante o banho.

 

 Creme desodorante corporal ultra hidratante para as mãos Nativa SPA Karité

Preço: R$ 33,90 – 75 g 

 

  • Forma uma camada nutritiva e duradoura, sem danificar o esmalte
  • Fórmula ultra hidratante feita a partir da combinação de gotas purificadas de quinoa e manteiga de karité;

 

Body Splash Desodorante Colônia Nativa SPA Karité 

Preço: R$ 54,90 – 200 ml

  • Prolonga a sensação de frescor após o banho e perfumação ao longo do dia;
  • De perfil olfativo floral gourmand, esse body splash traz a fragrância incrível e sofisticada de Karité que tem nozes como inspiração.

Shampoo (R$ 37,90), Condicionador (R$ 40,90) e Máscara Capilar Nativa SPA Karité – 300 ml (R$ 45,90)

  • Hidratação duradoura e em todas as camadas do fio, resultando em um cabelo saudável e macio, sem perder a leveza;
  • Indicado para cabelos ressecados e desidratados.

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães pode ser privatizado por Bolsonaro

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, localizado nos municípios de Cuiabá e Chapada dos Guimarães, poderá ser privatizado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Um plano de privatização foi encaminhado pela equipe do presidente Michel Temer (MDB) para a equipe de transição do pesselista. As informações são do Estadão.
 
O plano do governo de Temer tem a ideia de privatizar nove parques nacionais, entre eles o da Chapada dos Guimarães. O objetivo será aliar a preservação ambiental ao turismo. Além da área mato-grossense, também estão no projeto: Serra da Canastra, Lençóis Maranhenses e o Parque Nacional de Jericoacoara.
 
Hoje, das 324 unidades de conservação no País, só 53 estão abertas à visitação. As quatro já concedidas à iniciativa privada são responsáveis por 60% do ecoturismo no Brasil. Nos Estados Unidos, os parques recebem, em média, 300 milhões de pessoas por ano e faturam R$ 60 bilhões. Por aqui, em 2017, foram 10,7 milhões de turistas, com faturamento de R$ 2 bilhões.
 
O estudo que Bolsonaro receberá é uma continuação do programa já iniciado na gestão Temer. Até o final do ano, o ministro Vinicius Lummertz (Turismo) deve concluir a concessão da Chapada dos Veadeiros (GO) e do parque Pau Brasil (BA). Pelos cálculos do governo, o plano deve render R$ 140 milhões em outorgas e R$ 153 milhões em investimentos privados.
 
Parque Nacional da Chapada dos Guimarães
 
Localizado nos municípios de Cuiabá e Chapada dos Guimarães, seu acesso é feito pela Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251). Da capital mato-grossense até o parque são 50 quilômetros. Se o ponto de partida for a cidade de Chapada, a entrada está a 11 quilômetros de distância.
 
Entre as atrações estão: Mirante do Véu de Noiva, a Cachoeira dos Namorados e Cachoeirinha, o Circuito das Cachoeiras, a Casa de Pedra, Cidade de Pedra, Morro de São Jerônimo e a Travessia do Morro de São Jerônimo.


Temporal alaga casas e moradores perdem todos os móveis

A forte chuva que caiu em Cuiabá durante a noite e madrugada desta sexta-feira (16) causou prejuízos em diversas famílias do bairro Santa Izabel. Em uma residência, por exemplo, a água chegou a atingir um metro de altura. De acordo com o Clima Tempo, áreas de instabilidade continuam muito ativas sobre o Centro-Oeste do Brasil neste sábado (17) e o alerta é para temporais sobre o centro-leste de Mato Grosso, incluindo a região de Sinop. Nessas áreas, o dia terá predomínio de céu nublado e chuva a qualquer hora do dia. As rajadas de vento podem chegar a 80km/h.
 

Os moradores que tiveram as casas invadidas pela água tiveram que drenar o volume e fazer buracos nas paredes. Eles relataram que em dias de chuva é comum que a água se acumule nos quintais, porém contaram que há muitos anos a enxurrada não invadia as casas da maneira como ocorreu dessa vez.
 
A moradora Noêmia Umbelina relatou que teve a casa invadida e teria que dormir na casa da vizinha. Ela perdeu geladeira e mantimentos por conta da enxurrada.
 
Patrícia Oliveira tem uma filha de 12 anos com deficiência e perdeu quase tudo. “O colchão da minha filha está todo molhado e já não vai mais prestar. Há cinco meses ganhei um guarda-roupas do meu tio, mas agora está todo estragado por causa da água”, relatou. Ela perdeu armário, guarda roupas entre outros móveis.
 
Em outra casa no mesmo bairro, a força da água derrubou um muro, invadiu a residência e chegou a atingir um metro de altura. Aos fundos, há um córrego que já foi canalizado. A família perdeu quase todos eletrodomésticos.
Quem tiver interesse em ajuda à família pode entrar em contato pelo seguinte telefone: (65) 99933-5931
Com informações da TV Centro América
 

Segunda edição do Coaching KIDS em Cuiabá será no SG Gestão de Pessoas

Coaching é sim um processo aplicado para as crianças e adolescentes. Que fiquem atentos, neste sentido, os pais, professores, psicólogos e demais profissionais que se preocupam com a educação. No próximo dia 21 de novembro ocorrerá em Cuiabá no auditório da SG Gestão de Pessoas, a segunda edição do curso, no qual será passada a metodologia do Coaching KIDS. O treinamento terá 4 horas de duração, das 14 às 18 horas.

A facilitadora Mara Suassuna, mestre em psicologia e master coaching, uma referência nacional na área de desenvolvimento humano, é autora do livro “Coaching KIDS – Estabelecendo metas para uma educação para a vida”, sendo sua metodologia baseada na obra. Foi através de sua experiência, com mais de 20 anos atuando como psicóloga clínica e organizacional, em Goiânia, que ela observou um nicho para atuar com crianças e adolescentes, voltado ao direcionamento da vida.

Mara destaca que a criança  está no processo de  desenvolvimento neural e social, e os pais e educadores, obviamente exercem importante papéis na formação, mas não devem forçar na autonomia das crianças e adolescentes, no sentido da escolha do que desejam ser no futuro. Na sua visão é comum os pais inspirarem pelo exemplo, como também é prática muitos forçarem a criança a decidir o que quer ser quando crescer.  

O que diz Mara Suassuna pode ser na pratica assim: o filho ou a filha pode ter a mãe, uma médica famosa, como sua inspiração, porque a mesmo conquistou fama, dinheiro e vários prêmios na atividade. Por outro lado, não é boa prática os pais forçarem um perfil não alinhado ao comportamento dos filhos. Isso pode causar infelicidade, frustração, ansiedade, depressão e um número crescente de profissionais com habilidades técnicas boas, mas com atuações medíocres, por executarem o que na realidade não condiz com seus desejos, mas que foram obrigados, de certa forma a buscar a qualificação para satisfazerem os anseios dos seus pais.

 

Livro e método

Mara escreveu em 2015 o livro “Coaching KIDS” e através do método tem auxiliado de forma comprovada pais, psicólogos, educadores, e profissionais da área de desenvolvimento humano, inclusive coaches, que lidam com o público alvo a trabalharem de forma mais eficaz. A própria publicação é o material utilizado no curso, sendo que cada participante terá o seu livro.

A profissional deixa claro que o processo de Coaching “não é igual terapia, e sim um processo do presente para o futuro”. Isso passa, entretanto, pelo empoderamento da criança e do adolescente, estimulando o que fazem bem e valorando suas qualidades; pelo que os deixam felizes; pela quebra de suas crenças limitantes; pela responsabilização e disciplina; pelo equilíbrio nos relacionamentos; pelo alinhamento dos seus valores e pela descoberta de seus potenciais.

O importante, na sua análise é que os filhos não sejam meros reprodutores do que os pais desejam. É um treinamento com métodos e ferramentas que comprovadamente auxiliam, através de uma fácil aplicação, a ter um relacionamento mais equilibrado e feliz. Pais e educadores terão maiores facilidades na orientação dos pequenos sobre assuntos como: autodesenvolvimento, metas, como colocar em prática os planos, responsabilização, disciplina, quebra de crenças limitantes, felicidade e alinhamento de seus valores.

 

Sobre o método

O método e ferramentas utilizados tornam-se um caminho suave, em 20 lições, aplicadas através do livro “Coaching KIDS”, um guia passo a passo, para o desenvolvimento e direcionamento do futuro próspero e positivo. São orientações teóricas, que junto com a prática do treinamento instruem na aplicação do método caso a caso.  A reflexão que o método possibilita, através de um diário de atitudes, em que a criança e o adolescente devem colocar em prática, até chegar ao objetivo. “São pontuados a vida da criança na escola, na família e com os amigos”. Todos os participantes da oficina receberão o livro para aplicarem efetivamente.

É trabalhado no Coaching KIDS dimensões espirituais e escolares da criança e adolescente, para que eles reflitam sobre o que eles são hoje e o que querem ser amanhã, bem como o que devem fazer para conseguir isso.

“Os pais e educadores devem acompanhar os sonhos das crianças e ajudarem a traçar e realizarem, sem autoritarismo, num diálogo construtivo”, destacou Mara Suassuna, mostrando a importância de se desenvolver a escuta ativa e respeitosa dentro do universo dos pequenos. “Não se pode subestimar o conhecimento tácito da criança”, ponderou a mastercoach.

Mara deixa claro, por exemplo, que uma criança de quatro anos pode não ter dentro dela, de forma concreta a definição de caminhos, mas ao invés de determiná-los os pais podem ajudar nas escolhas dialogando mais, conversando com as crianças e levando-as a sentir as experiências e não ser meras reprodutoras das ordens.

O processo de descobertas é importante para a qualidade de vida da criança e do adolescente, e isso evita até mesmo a autoestima baixa, que pode levá-los até mesmo a ser futuras vítimas de bullying.

 

Informações sobre a facilitadora

Mara Suassuna – psicóloga, mastercoach, palestrante em nível nacional e escritora, Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1999), pós-graduada em Administração de Empresas pela FAAP/SP, especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso-UFG e mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2011), doutoranda em Educação, pela UNINI- México; Diretora da Prospecta Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Diretora do Instituto de Desenvolvimento Humano e Coaching- IDHC. Master Coach pelo IBC - Instituto Brasileiro de Coaching com 4 Certificações Internacionais (BCI, GCC, IAC e ECA), atua com Self Coaching, Professional Coaching, Executive Coaching e Business Coaching. Analista de Perfil Comportamental Assessment e DISC, formação em Practitioner de PNL (INAP), Eneagrama, escritora e palestrante de nível nacional. Possui experiência de 20 anos na área de gestão de pessoas em Empresas Nacionais e Multinacionais, e em psicologia clínica e organizacional. Presidente da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais-BPW Goiânia.

 

Local e preço

O Curso Coaching KIDS está sendo realizado em Cuiabá, pela segunda vez, pelas empresas Prospecta – Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e o Instituto EcoGente – Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Socio-Ambiental.

Sueli Batista, mastercoach, diretora do Instituto EcoGente,  diz que desde que conheceu o método o considerou muito eficaz e faz questão de realizar o curso, com a própria autora do livro Coaching KIDS, oportunizando ao público a interatividade com uma grande expert no assunto.

Nesta edição Sueli manteve contato com a diretora da SG Gestão de Pessoas, Silvana Gomes para que a empresa fosse parceira, juntamente com a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais – BPW Cuiabá.

A parceria possibilitou não só o local adequado para o curso, mas também condições especiais com desconto de  20%, para quem é da BPW Cuiabá, e clientes das empresas realizadoras e parceira.

O Curso custa R$ 500,00, incluso o livro, e pode ser dividido em até quatro vezes no cartão de crédito. 

 

Informações e inscrições

Data: 21 de novembro de 2018

Horário: 14h00 às 18h00

Local: SG Gestão de Pessoas - Av. Historiador Rubens de Mendonça (Av. CPA), 352- Bairro Baú- Cuiabá-MT.

Fones: 65- 3644.2257 - 99610.2257 -  3623.1274 - 99981.3389 – 99972.9348


Exposição Bença

Sabedoria e religiosidade popular invadem Misc com exposição "Bença"

Reforçada pela importância da celebração da Consciência Negra, ao longo de novembro, a exposição se caracteriza também por levar o conhecimento dos lares para dentro do Museu

 

 

 

Entremeadas à cerâmica, poesia e pintura, plantas de proteção e cura se fundem às composições da mostra “Bença”, aberta para visitação a partir desta segunda-feira (5) no Museu de Imagem e do Som de Cuiabá (Misc). Resgatando o imaginário circundante a avós Marias, Chicas, Detinhas e Franciscas - que abençoam sem olhar a quem, por meio de suas práticas de benzeção - a exposição coletiva reverencia o saber popular, abraçado pela dimensão do divino e de todos os guardiões invisíveis.

As obras são fruto de processos artísticos rotineiros dos participantes, a maioria praticante de religiões de matriz africana. Ali, contudo, há espaço para a fé católica, ligada ao desenvolvimento destas religiosidades no Brasil, e a fé evangélica, propagada pela palavra de Deus. “Todas as expressões ligadas a este universo estão contempladas. É como se fossem dois mundos diferentes, aqui e ali, sempre representados nos trabalhos”, explica uma das curadoras, Paty Wolff.

Diferentes vivências reuniram, além dela, nomes como Karla Mesquita, Éder Marques, Célia Soares, Lindalva Alves, João Almeida, Gilda Portella e Hermínio Nhantumbo. Sob a mesma temática, estreantes e veteranos aliaram esculturas em madeira, cerâmica, fotografia, telas e poesia. “Trazemos desde a reverência que os filhos pequenos e adultos fazem, quando pedem “bença” até às bênçãos que pedimos no nosso íntimo, para algo maior.”

Embora trabalhe usualmente com temas diversos, Paty conta que é quase impossível ignorar este recorte, uma vez que ela é admiradora da maioria dos rituais representados ali.  A mistura também se conecta com as reflexões sobre si e suas relações de ancestralidade. Diante disso, a artista levou para o Misc vasos de hortelã, alecrim e manjericão, usados tanto na culinária, quanto para chás e banhos especiais, explicitando a relação entre o ser e a natureza.

Rodeada por mini rostos de argila e bocas suturadas com cobre, a peça “Tem Benças Que Não Pode Ser Ditas” carrega também uma mensagem crítica. “É como se esse conhecimento fosse censurado, por ser tido como maligno e visto com preconceito. Por isso elas têm as bocas costuradas. Todo mundo faz seus chás, tem suas plantas, mas muitas vezes não fala porque há essa barreira, reforçada pela indústria farmacêutica. Então toda essa sabedoria vai se perdendo”, diz.

Reforçada pela importância da celebração da Consciência Negra, ao longo de novembro, a exposição se caracteriza também por levar o conhecimento dos lares para dentro do Museu. “É um esforço relevante em um momento de fragilidade política nos setores da cultura. Queremos ocupar este espaço para valorizar experiências diferentes, que levem o público para dentro de si. A visitação é um momento para uma experiência íntima e ao mesmo tempo pública, porque fica exposta.”

“Bença” foi inaugurada na quinta-feira (01), sucedendo a mostra LGBTQI+ “Viver É Um Ato Político: Nossa Arte é Nossa Voz”, instalada no Museu entre setembro e outubro, e o Encontro Municipal de Mulheres Negras, realizado no último dia 27. Nesse contexto, o Misc reafirma seu compromisso com a diversidade, consolidando o papel da gestão de manter um espaço democrático e acessível a todos, dando oportunidade para que diferentes artistas ocupem o casarão e promovam seus trabalhos. 

Livre para todos os públicos, a exposição não oferece conteúdo de violência ou tom sexual, e fica aberta até o dia 31, das 8h às 11h e das 13h às 17h. Mais informações podem ser obtidas por meio do número (65) 99253-1234.


Exposição Bença

Veja vídeo da abertura da Exposição Benção que vai até o dia 30/11 no MISC


Três dias de concerto no Teatro Zulmira, com entrada a 1 kg de alimento

O fim de semana no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros (Assembleia Legislativa) será embalado com muita música: cinco horários entre sexta (26) e domingo (28), para a plateia se deliciar com repertórios que variam entre Frédéric Chopin (música erudita) a Fernando e Sorocaba (dupla sertaneja). E quaisquer das apresentações com ingresso social: 1 quilo de alimento não perecível.

Isso tudo no 6º Concerto Solidário do Conservatório Musical Dunga Rodrigues, cujo objetivo é divulgar um repertório erudito e popular. O repertório contará ainda com Mozart, Zequinha de Abreu, Luiz Gonzaga, Bruno Mars, entre outros. Serão peças executadas nas seguintes expressões musicais: bandinha rítmica infantil; piano (solo e a quatro mãos); violino; e conjunto de câmaras e bandas com ukulele, violão, guitarra, contrabaixo, bateria e canto.

O evento é uma parceria entre o Dunga Rodrigues, o Teatro Zulmira e a Sala da Mulher (braço social da ALMT), que repassará os alimentos arrecadados a entidades filantrópicas cadastradas. O concerto terá performances de alunos e de professores do conservatório realizador.

Organizadoras do evento convidam plateia para programação eclética

“São três dias de música com bandas, com canto, com performances maravilhosas ao piano, com crianças mostrando seus talentos...”, convida, orgulhosa, a proprietária do Conservatório Dunga Rodrigues, Edith Seixas.

A diretora do Teatro Zulmira Canavarros e da Sala da Mulher, Daniella Paula Oliveira, vê como uma honra tal iniciativa. “Nosso maior projeto é congregar cultura e arte à solidariedade!”, resume.

A programação está assim dividida:

Sexta-feira (26): às 20h - Piano I;

Sábado (27): às 14h – Piano infantil e Bandinha Rítmica; às 16h – Canto e Bandas I; às 19h – Canto e Bandas II;

Domingo (28): às 19h – Piano II e Violino.

Mais informações, pelos telefones (65) 3621-1339 ou 9 9677-1339.


Nova portaria prorroga prazos para realização das Conferências Municipais de Cultura

Municípios e coletivos culturais obtêm mais tempo para realização dos encontros e envio de propostas
 

A Comissão Organizadora da IV Conferência Estadual de Cultura estendeu os prazos para realização das Conferências Municipais, Intermunicipais, Regionais e Setoriais de Cultura. A nova portaria foi publicada no dia 18 de outubro no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso. Acesse AQUI.

Para a realização das Conferências Municipais e Intermunicipais realizadas pelos municípios o prazo foi prolongado para o dia 20 de outubro. A portaria anterior estabelecia que o limite seria 30 de setembro.

Já os coletivos culturais não governamentais poderão realizar as Conferências Livres/Setoriais de Cultura entre os dias 20 e 31 de outubro de 2018. 

Com a prorrogação das datas de efetivação das Conferências Municipais, os municípios e coletivos culturais ganharam também um prazo maior para o envio das propostas debatidas em seus encontros à Comissão Organizadora da Conferência Estadual.  Agora, a data limite para o encaminhamento dos relatórios será o dia 31 de outubro, para os municípios, e o dia 05 de novembro, para os coletivos culturais.

A Comissão Organizadora da Conferência Estadual é composta por servidores da Secretaria de Estado de Cultura – SEC, representantes do Conselho Estadual de Cultura, da Comissão Intergestores Bipartite e do Fórum Permanente de Cultura. A reunião que deliberou a nova portaria foi realizada no dia 16 de outubro, na sede Secretaria.
 
Luciano Carneiro, Paulo Traven, José Adriano de Souza, Marciel Freitas, Cybelle Bussiki e servidores da SEC em reunião no dia 16/10.

Para o secretário de Estado de Cultura, Gilberto Nasser, a decisão da Comissão Organizadora em adiar por alguns dias a realização das Conferências Municipais possibilita que mais municípios ofereçam contribuições para a cultura. “Vamos ter muito mais pluralidade nas diretrizes a serem propostas para as políticas culturais de Mato Grosso”, comemora Nasser. 

A Conferência Estadual

A Conferência Estadual de Cultura é a instância de participação social que tem como objetivo propor diretrizes, estratégias, programas e ações para as políticas culturais numa articulação entre os governos estadual e municipais e a sociedade civil organizada.

As Conferências Municipais devem acontecer anteriormente para que sejam providenciadas a eleição de delegados e a construção de propostas a serem apresentadas na Conferência Estadual, que ocorrerá nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. 


Assinatura de contrato garante reabertura e manutenção de museus na capital

Termos de colaboração foram celebrados para reabertura do Museu de Arte Sacra e manutenção do Museu Casa Dom Aquino.
 
A | A

A reabertura do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso e a manutenção do Museu de História Natural Casa Dom Aquino foram formalizadas nesta quinta-feira (11.10) com a assinatura dos contratos de gestão dos respectivos museus pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

Para o Museu de Arte Sacra, a Secretaria de Estado de Cultura firmou o termo de colaboração de vigência de cinco anos com a Organização da Sociedade Civil (OSC) Associação dos Produtores Culturais de Mato Grosso, no valor total de R$ 2.880 milhões. Com o primeiro repasse de R$144 mil a ser realizado em até 10 dias após a assinatura, a OSC iniciará as ações imediatas para a reabertura do museu.

Segundo Viviene Lozi, diretora e presidente da OSC responsável pelo Museu de Arte Sacra, com esse primeiro repasse serão realizadas as reformas iniciais e adequações de acessibilidade para que o prédio tenha condições de receber a população.  Ao mesmo tempo será feito também o inventário do acervo, catalogando todas as peças disponíveis no espaço. 

A assinatura do termo de colaboração possibilitou que a OSC  participe de alguns editais que irão complementar o recurso a ser disponibilizado pelo Governo do Estado. “Já tomamos conhecimento de editais como o Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) e do BNDES. Vamos tentar outras formas para ajudar no processo da gestão do espaço”, ressaltou Viviene Lozi.

O termo de colaboração para gestão e preservação do Museu de História Natural Casa Dom Aquino foi celebrado com o Instituto ECCOS, no valor total de R$ 4.560 milhões, também pelo prazo de cinco anos.  Como o museu já está aberto, a primeira parcela do recurso, no valor de R$ 192 mil, vai assegurar a solução de problemas estruturais no espaço e a plena execução das atividades. 

 “O aporte inicial vai possibilitar um leque de programação no espaço, tanto enquanto museu como enquanto ponto de cultura. Agradecemos a oportunidade de continuarmos a trabalhar e reconhecemos o esforço do Governo do Estado e da Secretaria de Estado de Cultura para que o museu continue de portas abertas ao público”, expressou Cleide Arruda, presidente do Instituto ECCOS, no ato de assinatura. 

Para o Secretário de Estado de Cultura, Gilberto Nasser, a assinatura dos termos de colaboração com as duas OSCs são consideradas uma meta de sua gestão. Há pouco mais de seis meses à frente da pasta de cultura, o secretário agradeceu a paciência dos envolvidos e comparou o acontecimento à realização de um sonho dele e de toda a sociedade.

“Reiteramos a alegria imensa que sentimos em poder realizar isso pra comunidade. Tenho certeza que essas OSCs  vão oferecer um excelente trabalho de gestão nesses dois espaços de museu para que a comunidade possa vivenciar a cultura em nossa capital”, finalizou Nasser. 


Mulheres de negócios promovem “Dia das Crianças fora de Série”

 

Imagine um evento surpresa para 140 crianças que vivem em zona de assentamento, na área rural de Nossa Senhora do Livramento, região pantaneira. A Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais-BPW Cuiabá promove dia 13 de outubro, das 14 às 17 horas, na Cidade de Maria  a primeira edição do projeto  “Dia das Crianças Fora de Série”.

Foi atendendo ao convite da idealizadora da “Cidade de Maria”, Iracema Caldas, que a presidente das BPW Cuiabá, Zilda Zompero teve a iniciativa de realizar o projeto, e para isso contou com o apoio de mais de 50 madrinhas, que são todas associadas da ONG Feminina.  Com o recurso doado pelas mesmas, foi possível comprar presentes para todas as crianças de 3 a 13 anos. Elas receberão também um dia de muito entretenimento com  brinquedos: pula-pula, piscina de bolinhas etc... carrinho de pipoca, algodão doce, sorvete, cachorro quente, kits de guloseimas.

Dentre as atrações o Rato Tunico, que trabalhou no Programa do Ratinho, o Papai Noel Pantaneiro que aparecerá fora da época, com seu projeto de inclusão literária, e recreadores da Cia da Pipoca, com palhaços fazendo truques, malabaristas e mímicos.

Através das associadas foram conseguidos também sapatos para sorteios, bolo,picolés, kit de guloseimas e água. As empresas Cia do Bolo, Comper e Água Mineral Puríssima estão dentre os apoiadores.

Zilda Zompero disse estar muito emocionada com o engajamento das associadas em relação ao projeto. Como a BPW em nível nacional recomendou que a organização trabalhe com mulheres e adolescentes na área rural, a ação de responsabilidade social será um ponto de partida para um canal de diálogo com as mães das crianças, que será o público alvo de projetos focados no empreendedorismo que ocorrerão no local em 2019.

A presidente da Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais- BPW Brasil, elogiou o projeto. Ela disse no grupo oficial da organização que gostaria de “chamar a atenção para o impacto social deste projeto da BPW Cuiabá. E muitas me perguntam: mas a BPW não tem que trabalhar só com mulheres? Esclareço: a BPW tem os projetos para mulheres e também tem projetos de responsabilidade social, que é o caso deste projeto Dia das Crianças Fora de Serie. Excelente ideia. Além de tornar 140 crianças mais felizes, imaginem a visibilidade e simpatia que a BPW Cuiabá conquistará. Além, é claro do engajamento, sentido  e propósito para as associadas. Parabéns á BPW Cuiabá e a certeza de que será uma atividade grandiosa”.

Sueli Batista, conselheira superior da BPW Cuiabá e da BPW Brasil disse que é preciso uma maior aproximação da BPW com as mulheres rurais, e que a Cidade de Maria oferece uma boa logística para que se inicie projetos muito interessantes para a autonomia econômica das mulheres que vivem em seu entorno, e também para que seus filhos tenham uma melhor educação. “Futuramente teremos no local um centro voltado ao empreendedorismo de forma educativa  e já temos que colocar nossas sementes, pois a responsabilidade social é fundamental para que a organização conquiste cada vez mais o respeito da sociedade e das autoridades públicas”, frisou.

 


Unic realiza aulão preparatório para o Enem

 

Ação gratuita está em sua segunda edição e irá preparar estudantes com dicas para redação e gramática

 


Dentre os conteúdos preparatórios para o exame estão: construção de texto, estruturas de linguagem, tipos de redação, gramática, argumentação, coesão e estrutura da dissertação, bem como competências necessárias para produzir um texto nota mil. Nesta edição os participantes receberão orientações da professora Suzana Luz, que desenvolve cursos de redação e interpretação de textos há 26 anos.
Com o intuito de auxiliar os estudantes que prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em novembro, a Unic realizará no próximo dia 20, às 9h, a segunda edição do aulão com dicas para a redação. A ação é gratuita e aberta à comunidade.

"Acreditamos muito na força de ações como essa, pois vêm para auxiliar os estudantes. Queremos contribuir e ajudar na educação de nossos futuros universitários", ressalta a reitora da Unic, Maria Angélica Motta da Silva Esser. Cerca de 800 vagas estão disponíveis para o aulão de redação. Interessados poderão realizar a inscrição pelo telefone: (65) 3363-1044. Além do aulão presencial, os estudantes contam com o Trilha do Enem, plataforma online, totalmente gratuita, que apoia o aprimoramento e aprendizado por meio de simulados e estudo personalizados.

 

Confira o mini currículo da palestrante:

Suzana Luz é formada em Letras e Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), especializada em "Teorias e Práticas Textuais: Linguagem, Metalinguagem e Epilinguagem" pela UFMT e pós-graduada em Direito Processual Civil pela Escola do Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Desenvolve desde 1992 o Curso de Redação Professora Suzana Luz e elaboradora de material apostilado nos cursos preparatórios para vestibular na capital mato-grossense.

 

SERVIÇO

Unic Beira Rio | Aulão de Redação Enem

Data: sábado, 20 de outubro

Horário: 09h

Local: auditório da Unic Beira Rio

Endereço: Rua Manoel José de Arruda, 3.100 – Bairro: Jardim Europa

Inscrições: (65) 3363-1044


Comper realiza a Caminhada da Saúde

Dentro das ações do mês de aniversário Comper, a empresa realiza no dia 12 de outubro, feriado, a Caminhada da Saúde com saída às 7h, do parque Massaro Okamura e chegada à loja Comper CPA I. A inscrição é um kilo de alimento não perecível que será doado para a AACC – Associação dos Amigos das Crianças com Câncer. As pessoas que ainda não fizeram a inscrição antecipada poderão fazer no local.

Será uma manha também de entretenimento com música, exercícios de aquecimento antes da caminhada, dicas de alimentação saudável, aferição da pressão arterial, além de um delicioso lanche saudável com  frutas, água e sorvete. Pessoas de todas as idades poderão participar, pois cada um caminhará de acordo com o seu ritmo e performance física.

A Caminhada da saúde tem por objetivo despertar o interesse para prática de exercícios físicos, divulgação da prevenção do câncer de mama e a solidariedade, pois é possível sempre fazer o bem, como exemplo  a doação de alimentos para a AACC, através das inscrições.

 

Serviço:

Oque: Caminhada da Saúde 

Onde: Saída às 7h, do parque Massaro Okamura e chegada à loja Comper CPA I.

Quando: Nesta sexta-feira, 12 de outubro

 

 


Boti Recicla chama a atenção para o descarte correto das embalagens de cosméticos

 

Iniciativa integra o maior programa de logística reversa em pontos de coleta do país e, entre 24/9 e 14/10, ainda oferece desconto em itens de perfumaria para quem levar as embalagens vazias nesse período

 

Entre os dias 24 de setembro e 14 de outubro, toda a rede de lojas O Boticário vai oferecer 20% de desconto em sua linha de perfumaria* para incentivar o recolhimento de embalagens vazias de frascos, potes e outros recipientes de produtos de beleza. Para ter direito ao desconto, o consumidor deve se cadastrar no hotsite boticario.com.br/botirecicla e levar sua embalagem em uma das lojas.

Batizada de ‘Boti Recicla’, a iniciativa chama a atenção para a campanha permanente de logística reversa e reciclagem do Boticário. Os coletores ficam presentes durante todo o ano nas lojas e os consumidores são incentivados a fazer o descarte sustentável das embalagens depois que o produto termina. 

Todas as mais de 3.700 lojas da marca estão preparadas para direcionar esse resíduo para as quase 35 cooperativas homologadas, que fazem a seleção e a reciclagem dos materiais. Trata-se do maior programa de logística reversa em pontos de coleta do País. “O Boticário é um dos pioneiros em realizar logística reversa em suas lojas. A sustentabilidade está no DNA da marca, não apenas porque nos preocupamos com os impactos no meio ambiente, mas por termos a chance de gerar renda para mais de mil famílias”, diz o diretor de Marketing do Boticário, Alexandre Bouza. “Usamos o nosso alcance para sensibilizar as pessoas sobre a importância da reciclagem e influenciar positivamente o mercado”, completa.

Pelo programa, todas as embalagens vazias são recolhidas, descaracterizadas e encaminhadas para cooperativas de catadores e parceiros locais, que gerenciam os resíduos. A ação visa à redução dos impactos ambientais e envolve consumidores, franqueados, consultores, colaboradores e fornecedores. A preocupação com a destinação correta das embalagens pós-consumo é um tema da marca desde 2006, antes mesmo de qualquer necessidade legal.

Um exemplo prático dessa preocupação é o uso de vidro reciclado na confecção de itens que decoram as lojas-ânfora, o novo conceito de loja do Boticário, atualmente presente no Rio de Janeiro, em Curitiba, Fortaleza, Salvador e São Paulo. Essas peças decorativas fecham o ciclo do vidro, que é o resultado do recolhimento de frascos pós-consumo. “Estamos atentos aos benefícios da cadeia circular e procuramos nos engajar cada vez mais em causas como essa”, afirma Bouza.

 

*Promoção válida de 24/09/2018 a 14/10/2018. Cadastre-se no hotsite boticario.com.br/botirecicla, leve uma ou mais embalagens participantes de produtos O Boticário e ganhe um cupom de 20% de desconto em perfumarias de O Boticário. Exceto: Malbec, Lily. Elysée, Zaad – desconto não cumulativo com outras promoções do ciclo. Limitado a um cupom de desconto por CPF. Verifique as embalagens participantes no regulamento completo em boticario.com.br/botirecicla


Bruna Marquezine, Camila Queiroz, Sarah Jessica Parker e mais celebridades vão a desfile da Intimissimi na Itália

A marca italiana de lingerie retornou às passarelas com um evento inesquecível nesta quarta-feira, 05 de setembro, em Verona; um convite exclusivo para descobrir uma floresta encantada, habitada por criaturas graciosas e sensuais

Após quatro anos de deslumbre, glamour e música do Intimissimi on Ice na Arena di Verona, a Intimissimi retornou às passarelas com um show imperdível nesta quarta-feira, 5 de setembro, na Itália. Os presentes foram convidados a descobrir uma floresta mágica, o cenário perfeito para um conto de fadas ao mesmo tempo italiano e internacional; contemporâneo, mas eterno, sedutor e feminino.

Entre as convidadas brasileiras ilustres estavam Bruna Marquezine, Camila Queiroz e Helena Bordon, que dividiram os holofotes com nomes como Sarah Jessica Parker, Chiara Ferragni, Alexa Chung e Jourdan Dunn. Tops brasileiras riscaram a passarela, como Isabeli Fontana, Lais Oliveira e Gracie Carvalho, ao lado da russa Irina Shayk, uma das estrelas e atual embaixadora mundial da Intimissimi, que abriu o show e puxou a fila para as outras modelos.

FOTOS: Intimissimi\Divulgação

Fotos : Lucas Possiede/ Divulgação

 

 

 


7 DE SETEMBRO

Em Brasília e no Rio, 9,7 mil militares e civis participam do desfile de 7 de setembro

Cerca de 30 mil pessoas acompanharam o desfile na capital do País

 

Para celebrar o Dia da Pátria, mais de 9,7 mil pessoas participaram do desfile cívico-militar em Brasília e no Rio de Janeiro. Na capital do País, o desfile foi acompanhado pelo presidente Michel Temer e diversos ministros do governo, e cerca de 30 mil pessoas foram assistir ao evento das arquibancadas e dos arredores da Esplanada dos Ministérios.

Com a participação de 4,5 mil militares e civis, o tema escolhido para a parada deste ano foi "Celebre a história da nossa independência". Diversos nomes de grande importância para a construção do País foram homenageados, como Dom Pedro, Santos Dumont, Maria Quitéria e Tiradentes. Conheça mais sobre a história dessas personalidades e outros fatos interessantes sobre o 7 de setembro na página especial do governo federal.

Já no Rio de Janeiro, o desfile foi composto por 5,2 mil integrantes das Forças Armadas, das Polícias, do Corpo de Bombeiros e de escolas, entre outros. Na região da Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade, aeronaves militares fizeram apresentações.

Fonte: Agência Brasil

 
 
 

Peritos já sabem onde começou o fogo no Museu Nacional; hipótese de incêndio criminoso não é descartada

Local exato onde incêndio começou não foi divulgado pela Polícia Federal para não atrapalhar as investigações. Quinta da Boa Vista recebeu manifestantes neste 7 de setembro.

 

 

Os peritos da Polícia Federal já sabem onde começou o fogo no Museu Nacional. Mas, para evitar especulações sobre a causa da tragédia, ainda não divulgaram o local exato. A hipótese de incêndio criminoso não está descartada pelos investigadores, conforme apurou o RJTV.

 
Incêndio no Museu Nacional (Foto: GloboNews)Incêndio no Museu Nacional (Foto: GloboNews)

Incêndio no Museu Nacional (Foto: GloboNews)

O Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, foi destruído por um incêndio de grandes proporções no dia 2 de setembro.

Nesta sexta-feira (7), muita gente aproveitou o feriado para passear na Quinta da Boa Vista. Foi lá, no palácio que abrigava o Museu Nacional, que teve início o processo de independência do Brasil. Em agosto de 1822, Dom Pedro viajou para São Paulo e nomeou a princesa Leopoldina regente interina do Brasil. Dez dias depois, ela recebeu uma carta de Portugal com péssimas notícias. As medidas anunciadas acabavam com o poder de Dom Pedro e ainda ameaçam dividir o Brasil.

Leopoldina não pode esperar pela volta do príncipe e, após uma reunião com o conselho de ministros, assinou a declaração de Independência do Brasil dentro do palácio da Quinta da Boa Vista. O famoso Grito do Ipiranga só aconteceu cinco dias depois.

 
 
Foto do palácio localizado na Quinta da Boa Vista antes do incêndio que destruiu o Museu Nacional (Foto: Divulgação/Museu Nacional)Foto do palácio localizado na Quinta da Boa Vista antes do incêndio que destruiu o Museu Nacional (Foto: Divulgação/Museu Nacional)

Foto do palácio localizado na Quinta da Boa Vista antes do incêndio que destruiu o Museu Nacional (Foto: Divulgação/Museu Nacional)

 

Manifestações populares

Os visitantes da Quinta da Boa Vista também aproveitaram o feriado de 7 de setembro para protestar contra a ruptura com as origens do país que estavam guardadas no Museu Nacional. Os índios da Aldeia Maracanã participaram da manifestação. Um antropólogo disse que a coleção com cerca de 20 mil peças dos primeiros habitantes do país foi destruída.

Em outros setores do museu, mais perdas de objetos ligados à nossa identidade. Na parte africana, por exemplo, o destaque era o trono do Rei do Daomé. No legado europeu, a coleção que pertenceu à imperatriz Teresa Cristina, mulher de Dom Pedro II: milhares de achados nas cidades de Pompéia e Herculano - objetos que resistiram às lavas do vulcão Vesúvio, na Itália há quase 2 mil anos.

Pela manhã, foi celebrada uma missa de desagravo ao museu na Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé, no Centro. A cerimônia cobrou mais atenção ao patrimônio histórico do país.

O esforço agora é pela reconstrução e pelo levantamento do acervo que escapou do fogo. Cerca de 1,5 milhão de peças, das coleções botânicas, de mamíferos e répteis, além de livros, estavam em outros prédios. Uma equipe já foi formada para entrar no museu a partir da segunda-feira para procurar e recolher peças do acervo.

 

“Muito material tende a ser preservado. O fato de parte da parede, parte do assoalho terem caído, é para gente uma possibilidade de preservação de algum material. Eu estive lá dentro do palácio. Vi armários cheios. Chegamos a abrir algumas gavetas com acervo. Porém, é um acervo fragilizado”, disse o diretor do Museu Nacional, Alexander Kelner.

 
Museu Nacional: arte mostra o que havia em cada um dos pavimentos do prédio destruído por incêndio (Foto: Infográfico: Claudia Peixoto, Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1)Museu Nacional: arte mostra o que havia em cada um dos pavimentos do prédio destruído por incêndio (Foto: Infográfico: Claudia Peixoto, Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1)

Museu Nacional: arte mostra o que havia em cada um dos pavimentos do prédio destruído por incêndio (Foto: Infográfico: Claudia Peixoto, Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1)

Fonte: G1

 

Bombeiros celebram 20 anos de carreira e comemoram investimentos na instituição

Em 1988 um grupo de 198 jovens concluiu o Curso de Formação de Soldados Bombeiros Militares e realizou o sonho de fazer parte de uma das instituições mais respeitadas do país. Vinte anos depois, 174 formandos ainda estão em serviço, atuando em Cuiabá, Campo Verde, Barra do Garças, Rondonópolis, Tangará da Serra, Cáceres e Primavera do Leste. O grupo foi homenageado em um almoço comemorativo com o governador Pedro Taques, realizado na tarde desta quarta-feira (13.05) no Palácio Paiaguás.

Durante o encontro os colegas de turma relembraram histórias e comentaram sobre as transformações que viram acontecer na corporação durante esses 20 anos de trajetória. Um dos destaques apontados foi o substancial aumento de efetivo nos últimos três anos e os investimentos em qualificação e aperfeiçoamento do pessoal, iniciativas que impactam diretamente na qualidade do serviço prestado à população.

Atualmente, a Segurança Pública do Estado conta com 15 mil servidores, 3.500 foram empossados na atual gestão. Neste período o Corpo de Bombeiros recebeu um incremento de 450 militares em seu efetivo, além de novos equipamentos e viaturas, um grande avanço, considerando que de 2004 a 2014 somente 75 novos bombeiros foram incorporados.

A unidade de Campo Verde, por exemplo, teve seu efetivo ampliado de 13 para 35 bombeiros militares desde janeiro de 2015. “Éramos tão poucos que a gente brincava que era proibido adoecer, porque não tinha ninguém pra substituir em caso de falta. Com essas novas inclusões, nosso efetivo mais do que dobrou e agora a gente pode atender mais ocorrências, com maior qualidade e ainda fazer outras ações sociais, educacionais e instrutivas que antes não fazíamos por falta de pessoal”, contou o tenente José Marinho, que há 11 anos atua no município.

Os soldados também estão em clima de comemoração pela recente promoção de dois membros do grupo. Ao compartilhar esta alegria, a turma agradeceu ao governador pela manutenção e cumprimento da lei de carreira dos profissionais bombeiros militares, que regula as promoções. O secretário adjunto de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Arno Osny, que também foi um dos formandos da turma de 1988, lembrou ainda que o salário dos bombeiros mato-grossenses está entre os três maiores do país.

“A gente sabe que vários Estados tiveram retrocessos nessas leis de carreira, ou paralisando promoções ou aumentando o tempo de serviço pra promoção. Aqui, nessa gestão, aconteceu o contrário. Isso demonstra a valorização do profissional em Mato Grosso. Como resultado, temos profissionais motivados, contentes com o trabalho que vem sendo desenvolvido e quem ganha é a sociedade, com serviços de maior qualidade”, completou o secretário.

Além de toda a contribuição já prestada á sociedade cotidianamente, para marcar a data os amigos ainda se reuniram para realizar ações sociais. Uma campanha de doação de sangue, que já resultou em 415 bolsas doadas, e uma campanha de arrecadação de alimentos estão em andamento. No fim do mês os alimentos serão entregue a uma instituição filantrópica de apoio às crianças portadoras de necessidades especiais.

“É uma forma de devolver à sociedade um pouco do carinho que a corporação recebe e também um jeito de mostrar a nossa satisfação em sermos bombeiros do Estado de Mato Grosso”, afirmou o Tenente Amir de Souza, responsável pela organização das ações.

O Corpo de Bombeiros Militar possui atualmente 1.409 profissionais distribuídos em 18 unidades em todo o Estado. Até o final deste ano estão previstas as entregas de novos quartéis em Alto Araguaia, Confresa, Guarantã do Norte e Campo Novo do Parecis, ampliando ainda mais o alcance da instituição.


Reeducandas encontram no artesanato esperança para um futuro melhor

Existem dois tipos de pessoas: as que aproveitam as oportunidades para evoluir e as que ficam estagnadas diante das chances de mudanças. Ruth Cecília dos Santos, 40, reclusa há um ano, se encaixa no primeiro tipo. Disposta a interromper o círculo vicioso da criminalidade, ela entrou para o grupo de artesanato da unidade prisional de Nortelândia e encontrou na arte a esperança para um futuro melhor.                                                                                                                                

“Agora, eu sou artista e não apenas reeducanda, e isso me faz querer mudar de vida. Penso que lá fora a arte pode servir como distração e profissão para garantir minha renda”, acredita Ruth, que é uma das seis reeducandas da unidade que participam do projeto de ressocialização ‘Integra’ e no pequeno ateliê montado na unidade faz pinturas em telhas, em telas e aplicações em imagens sacras.

Quem também fica feliz em ver as internas descobrindo uma alternativa positiva de vida e empenhadas em transformar-se são os familiares, como conta a recuperanda Cleonice Beserra, 24 anos. “Eu pinto e estudo e isso deixa minha família contente, porque não estou aqui parada, estou evoluindo”, diz a jovem, reclusa há dois anos.

Cleonice e Ruth participam do projeto há um ano e a avaliação que fazem é que se sentem mais valorizadas, pois juntas às demais integrantes do projeto recebem elogios pelo trabalho. “As pessoas admiram nossos traços, as cores que usamos, a arte como um todo e isso mostra pra sociedade que é possível a gente fazer algo legal”, explica Cleonice.

O material produzido pelas recuperandas é exposto em eventos fora da unidade prisional, como em espaços públicos, feiras e exposições, como forma de divulgar a atividade e ajudar na ressocialização das reeducandas. A renda com a venda do artesanato é revertida na compra de mais materiais e uma parte vai para as alunas. A apresentação do artesanato é feita pelas próprias internas que são selecionadas para acompanhar a exposição junto de agentes penitenciários.

Competição do bem

Cleusa Maria Fardim é agente penitenciária, artesã e idealizadora do trabalho. Ela ministra aula de artesanato desde que entrou para o Sistema Penitenciário, em 2002, e está a frente desse trabalho em Nortelândia há quase três anos. A professora lembra que, assim que iniciou o projeto, o perfil das reeducandas era outro, pois não tinham muito expectativa de vida. Cleusa conta que agora, o comportamento delas é diferente, estão mais tranquilas, felizes e com a autoestima elevada.

“Isso se deve à arte, porque criar propicia transformação e por algumas horas elas ‘saem’ do ambiente em que estão e imergem no universo imaginário artístico”, acrescenta. 

Com essa nova fase de criação e entusiasmo das alunas veio também o espírito competitivo. Cleusa classifica esse momento como ‘competição do bem’, em que elas disputam entre si o melhor desenho, pintura, traço. “Elas não sabiam nada, mas foram adquirindo habilidades no curso e hoje são perfeccionistas, querem sempre fazer o melhor. Isso é positivo porque descobriram algo em que podem se destacar e ser parabenizadas por isso”.

A diretora da unidade Adriana Quinteiro destaca que o projeto de artesanato é um dos mais bem-sucedidos entre as mulheres custodiadas. Além de auxiliar na autoestima, ele ajuda ainda na disciplina e no companheirismo entre as recuperandas. Elas aprenderam um ofício, desenvolveram um espírito de liderança e ensinam as outras internas.

“É muito interessante ver que elas têm outra ideia de futuro. Querem ser artesãs profissionais, se sentem valorizadas e questionam muito se vale a pena continuar na vida do crime. Essa reflexão é gratificante para nós porque mostra que elas estão disposta a ter outra vida ao progredirem de regime”, finaliza Adriana.                                                                  


Semana do Meio Ambiente é aberta com entrega de equipamentos para municípios

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) abriu, nesta terça-feira (05.06), a XIV Semana do Meio Ambiente e X Seminário Estadual de Recursos Hídricos com a entrega de kits, contendo equipamentos de escritório e de campo para 40 municípios. Durante a solenidade, o governador Pedro Taques assinou a mensagem de encaminhamento para a Assembleia Legislativa dos Projetos de Lei da Política Estadual de Recursos Hídricos e de Educação Ambiental; e o secretário André Baby firmou um Termo de Cooperação Técnica com o Centro de Pesquisa do Pantanal.

Essa é a primeira vez que municípios descentralizados recebem kits de equipamentos, já que até o momento haviam recebido sistema e capacitação. Ao todo 40 prefeituras foram beneficiadas, com o material adquirido por meio do Projeto Mato Grosso Sustentável (Fundo Amazônia/BNDES). Os kits são compostos por 80 computadores, 40 impressoras multifuncionais, 40 motocicletas e 40 trenas. Ainda serão entregues 40 barcos com motor e 40 câmeras fotográficas.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby, agradeceu aos servidores da Sema, ressaltando o grande envolvimento de todos os setores da secretaria tanto para a fiscalização e combate ao desmatamento na área rural, como também no empenho de formular políticas públicas que auxiliem no desenvolvimento urbano dos municípios.

“Temos um excelente corpo técnico que não mede esforços para que a gestão ambiental possa chegar cada vez mais na ponta. O critério de escolha dos municípios que receberam os kits foi pautado dentro de um projeto que fizemos no Fundo Amazônia para as áreas hoje de risco, que precisam ter uma atenção voltada ao combate ao desmatamento e melhoria na gestão ambiental”.

Sobre o Termo de Cooperação Técnica, firmado com o Centro de Pesquisa Pantanal (CPP), que abrange a conservação, recuperação e uso sustentável das áreas úmidas e as de uso restrito do Pantanal, do Araguaia e do Guaporé, o secretário destacou que, de acordo com determinação do governador, a Sema vem olhando de forma diferentes para áreas restritas. “Com esse acordo esperamos melhorar a pesquisa nessas áreas para usá-las de forma sustentável, para que a atividade econômica possa prosperar, com turismo e preservação da cultura, saber como realizar a modificação das pastagens, que por ventura esteja deteriorada nessas áreas úmidas. Essa é a nossa missão”.

O coordenador do Centro de Pesquisa do Pantanal, Professor Doutor Paulo Teixeira, exaltou que é de grande importância essa parceria que unirá o conhecimento que o CPP tem na área de pesquisa, que vem se desenvolvendo há mais de 20 anos em áreas úmidas, com o trabalho desenvolvido pela Sema de conservação e uso sustentável dessas regiões.

 

PROJETO DE LEI

O Projeto de Lei da Política Estadual de Recursos Hídricos, que foi encaminhado à Assembleia Legislativa, é uma revisão da legislação estadual, após 20 anos. O superintendente de Recursos Hídricos, Murilo Covezzi, destacou que o meio ambiente é muito dinâmico, o que torna alguns pontos da legislação de Mato Grosso defasada e este projeto de lei é essencial para ajustar a política estadual com a legislação federal”, explicou.

 

Já o Projeto da Política Estadual de Educação Ambiental é um processo inovador e pioneiro, integrando, de forma interativa e dinâmica, as secretarias de Meio Ambiente e de Educação com a sociedade nos princípios de sustentabilidade, implementando uma política de comunicação e informação ambiental.

 

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

O dia Mundial do Meio Ambiente foi criado em Estocolmo, capital da Suécia, em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas. O governador Pedro Taques destacou que Mato Grosso, que implementou a comemoração da semana do Meio Ambiente em 2003, por meio de lei estadual, está avançando cada dia mais na gestão ambiental, com a descentralização dos municípios. “Quando assumimos eram 20 municípios descentralizados, hoje são 60. Uma licença ambiental demorava em média 400 dias para ser expedida e hoje a média é de 90 dias. Nosso objetivo é fazer com que o cidadão não mais precise vir na capital, ele vai resolver no município, o que mostra que estamos interiorizando as ações do Estado”.

 

Em comemoração a abertura da semana do Meio Ambiente, o governador acompanhou o presidente do Tribunal de Justiça, Rui Ramos, no plantio de árvore, no projeto que prevê 300 mil árvores plantadas em comemoração aos 300 anos de Cuiabá. “É uma comunhão de esforços, uma parceria para a preservação e desenvolvimento do estado. Cabe ao judiciário sair e compartilhar, ajudando na administração estadual”, destacou o desembargador, um dos convidados de honra da solenidade coordenada pela Sema.

 

Outro convidado que compôs o dispositivo da solenidade de abertura, deputado estadual Pedro satélite, lembrou que há 40 anos a intenção de quem chegava à Mato Grosso era produzir e desbravar o sertão, mas que aos poucos a sociedade foi criando a consciência da importância de se preservar, como forma de melhorar a qualidade de vida da população.

 

SOLENIDADE DE ABERTURA

Diversas atrações culturais aconteceram durante a solenidade de abertura, com apresentações da cantora Deise Aguena e números de dança dos alunos da Escola Municipal Dirce Leite, de Várzea Grande e do Grupo Felicidade Integração do Pantanal.

 

Compuseram a mesa do dispositivo de abertura o governador Pedro Taques; o secretário André Baby; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos; os deputados estaduais Pedro Satélite, Nininho e Max Russi; o secretário de Estado de Gabinete de Governo, Domingos Sávio;  Lívia Passos Martins, Superintendente do Ibama em Mato Grosso; Paulo Teixeira, coordenador do Centro de Pesquisa do Pantanal e o prefeito de Comodoro, Jeferson Gomes, representando os governantes dos municípios que receberam o kit.


Prefeitura e Governo Federal entregam mais uma obra do PAC Cidades Históricas

A Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano entrega à população nesta quarta-feira (05) as obras de requalificação da Praça Conde de Azambuja, mais conhecida como Praça da Mandioca. Esta é mais uma obra contemplada pelo Governo Federal no Programa de Aceleração do Crescimento - PAC Cidades Históricas. O evento de inauguração vai contar com a presença da Presidente do  Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) Kátia Bogeá.

A Praça da Mandioca é mais um espaço público do centro histórico da Capital a ser entregue. As intervenções de requalificação duraram um pouco mais que três meses de obra, financiadas pelo governo federal por meio da Caixa Econômica Federal, com o aval do IPHAN e aprovado pelo Ministério da Cultura dentro do Programa de Aceleração do Crescimento, voltado ao Patrimônio Histórico Nacional.

A ordem de serviço no local foi dada em 20 de fevereiro, passando por várias etapas exigidas pelo IPHAN, do processo de demolição do concreto à inspeção arqueológica, chegando a etapa final de reconstrução da praça.

Entre os serviços realizados no local, está o aumento na dimensão do espaço público. Na sua lateral, que compete a Rua Ricardo Franco (rua do meio) ela deverá receber um aumento 2,40 cm e à frente da Rua Pedro Celestino o aumento será de 3,60 cm.

No conjunto de praças que compõem o PAC – Cidades Históricas - estão: a Praça senhor dos Passos, Praça da Mandioca, Praça Doutor Alberto Novis, Escadaria do Beco Alto e Praça Caetano de Albuquerque. 

A Praça Senhor dos Passos, terá uma entrega simbólica, tendo em vista que ela já foi inaugurada. A Praça Doutor Alberto Novis está em fase de finalização, a Escadaria do Beco Alto é a próxima a ser retomada e por último a Caetano de Albuquerque.

Serviço

O que: Inauguração da Praça Conde de Azambuja – Praça da Mandioca

Quando: 06 de Junho

Horário: 08h30  


Alunos participam esta semana de evento literário na Secretaria de Educação

Cerca de mil alunos do 1º ciclo de 24 escolas municipais de Educação Básica vão participar esta semana, de 22 a 25, no auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação (SME) do evento de lançamento do projeto Coleção Turminha Brava. A iniciativa da Prefeitura de Cuiabá é resultado da parceria entre as secretarias de Educação (SME), de Cultura, Esportes e Turismo e a Cepar Cultural, de São Paulo (SP) e busca promover a transmissão da cultura brasileira.

Na abertura da programação nesta terça-feira (22), às 8h, estarão presentes os alunos das EMEB Ministro Marcos Freire, Profº Rafael Rueda e Glaucia Maria Borges Garcia.

No período da tarde, às 14h, será a vez das EMEB Pedrosa Morais e Silva, Profº. Lenine de Campos Póvoas e Santa Cecília.

Ao longo da semana, sempre às 8h (no período da manhã) e às 14h (no período da tarde), até sexta-feira (25), as crianças participarão de um teatro com contação de histórias, distribuição de livros e um lanche.

A atriz Karol Piacentini e a produtora Gabrieli Borges estão na cidade e explicaram como surgiu o projeto que está comemorando dois anos.

A coleção Turminha Brava é um projeto literário voltado para o público infanto-juvenil, crianças de 8 a 11 anos. São histórias ilustradas reunidas numa coleção com oito livros que contam histórias inéditas e aventuras vividas por personagens do folclore brasileiro, o Saci, a Mula sem cabeça, Caipora, Boto, Iara, Boitatá, Lobisomem e Curupira.

“Para apresentarmos a coleção adaptamos os textos literários para o teatro e usamos a contação de histórias. Os textos trazem os personagens do folclore brasileiro e abordam temas como meio ambiente, sustentabilidade e a importância da conservação dos recursos naturais”, explicou Karol Piacintini.

A produtora cultural Gabrieli Borges contou que viajar pelos estados e distribuir os livros entre as crianças é uma forma de comemorar a 2ª edição da iniciativa. “O projeto é aprovado pelo  Ministério da Cultura e recebe patrocínio da CNH Industrial. Por meio das histórias reunidas na coleção “Turminha Brava”, é traçado um paralelo com a cultura, história e geografia do Brasil, evidenciando a importância da conservação dos recursos naturais”, destacou.

Começando por Cuiabá, as escolas públicas de Rondonópolis, Várzea Grande e Lucas do Rio Verde estão no roteiro dessa comemoração. Além da distribuição de um exemplar para cada criança as escolas ganharão kits com a coleção completa dos livros.

Para o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos fazer parte de projetos como esse, que resgatam e valorizam a cultura, reforça ainda mais o compromisso assumido pelo Prefeito Emanuel Pinheiro de investir em incitavas que façam a diferença e qualifiquem ainda mais o Ensino no Município. “Essas iniciativas são fundamentais para a formação das nossas crianças. Entendemos que nosso compromisso e nossa missão em relação à Educação é incentivar as boas práticas de aprendizagem e estimular nossos alunos para que tenhamos crianças e jovens cada vez mais inovadoras, curiosas e interessadas na cultura, na tradição e nas suas raízes”, salientou o secretário.

Projetos

O projeto Coleção Turminha Brava,  com  oito livros ilustrados de histórias inéditas de personagens da mitologia brasileira é um dos projetos desenvolvidos pela empresa Cepar Cultural.

A empresa trabalha no desenvolvimento de ações culturais com responsabilidade social e educação ambiental. Entre os  projetos culturais já desenvolvidos estão o  “Cinema Itinerante”, “O Reino da Água (realizado em 2017), Coleção “Mitologia Brasileira”, “O Desenho de Aldemir Martins”, “O Fascínio da Cultura Japonesa”, entre outros.

 

Programação

 

Terça-feira (22/05)

8 horas

– EMEB Ministro Marcos Freire

-  EMEB Profº Rafael Rueda

- EME Glaucia Maria Borges Garcia

 

14 horas

- EMEB Pedrosa Morais e Silva

- EMEB Profº Lenine de Campos Póvoas

- EMEB Santa Cecília

 

Quarta-feira (23/05)

8 horas

EMEB Osmar José do Carmo Cabral

EMEB Irmã Maria Betty de Souza Pires

EMEB Jescelino José Reiners

 

14 horas

EMEB Profº Zeferino Leite de Oliveira

EMEB Dom Bosco do Praeirinho

EMEB Profª. Alzira Valladares

 

Quinta-feira (24/05)

8 horas

EMEB Profª Maria Ambrósio Pommot

EMEB Senhorinha Ana Alves de Oliveira

EMEB Senador Gastão de Matos Muller

 

14 horas

EMEB Vereador Paulo de Campos Borges

EMEB Profº Carlos Alberto Reyes Maldonado

EMEB Tereza de Benguela

 

Sexta-feira (25/05)

8 horas

EMEB Silvino Leite de Arruda

EMEB Silva Freire

EMEB  São Sebastião

 

14 horas

EMEB Quintino Pereira de Freitas

EMEB Profª Gracildes Melo Dantas

EMEB Antônio Ferreira Valentim

 

Serviço

O que: Lançamento do projeto Coleção Turminha Brava

Data: 22 a 25 de maio

Horários: Pela manhã às 8h e à tarde, às 14h

Local: Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação, na Rua Diogo Domingos Ferreira, nº 292, bairro Bandeirantes.


Procon desenvolve trabalho educativo nas escolas municipais

O Procon Municipal de Várzea está desenvolvendo o projeto “Procon na Escola”, que tem a finalidade de conscientizar alunos das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) do município de forma lúdica sobre a importância dos direitos do consumidor. O projeto visa conscientizar o consumidor-mirim, por meio da educação, com desenvolvimento de atividades lúdicas, tais como histórias infantis do cotidiano consumerista, encenação teatral e exposição dos serviços realizados pelo Procon/VG. Cerca de 1,6 mil estudantes estão sendo atendidos pelo projeto.  

A programação ocorre toda última sexta-feira do mês. O projeto iniciou em março de 2018 e contempla alunos do 1° ao 9º ano do Ensino Fundamental com conceito de consumidor e fornecedor, finalidade do Procon, nota fiscal, produto vencido (data de validade) e preço dos produtos.   

O objetivo central do projeto piloto é conscientizar os alunos da rede municipal sobre as questões relacionadas ao consumo financeiro e também ao uso consciente de recursos energéticos, como água e luz. Todas as unidades de ensino da rede receberá o projeto.

O projeto será expandindo e levado para mais escolas da cidade. O objetivo é iniciar a educação para o consumo na infância e garantir uma sociedade mais consciente. “O ‘Procon na Escola’ cumpre uma política estruturante em garantir melhoria na qualidade de vida do várzea-grandense. Acreditamos que é possível mudar a realidade em que vivemos através das crianças, por meio da educação, garantindo uma rede de abrangência muito maior que a sala de aula”, disse a coordenadora do Procon Municipal, Carolina Barbosa Costa.

A coordenadora destacou a importância do papel dos alunos na conscientização de suas famílias e amigos para o consumo consciente. “Ao ver um brinquedo ou uma roupa legal, é normal cair na tentação de pedir para o pai ou para a mãe. Mas vocês precisam pensar: eu realmente preciso disso? É preciso investir primeiro no essencial: alimentação, as contas de luz e água, entre outros. Nosso principal objetivo é formar cidadãos críticos capazes de se organizar também financeiramente”, disse.

As escolas recebem técnicos capacitados do Procon-VG para trabalhar o assunto com crianças e adolescentes. Para isso, todas as crianças após terem participado da palestra recebem Kits com cartilha e folders informativos e interativos sobre os mais variados temas como vida financeira, alimentos, saúde e segurança, além do código de defesa do consumidor e o caderno de atividades.

“É mais uma oportunidade para os nossos alunos ampliarem a consciência sobre a importância da responsabilidade social e ambiental na hora do consumo, com visão crítica. A escola também é espaço para estas questões serem discutidas e multiplicadas para toda sociedade”, afirma à coordenadora.

Durante a capacitação, os alunos são orientados sobre como multiplicar todo o conteúdo assimilado para pais, parentes, amigos, vizinhos e também para a comunidade escolar.

As unidades escolares EMEB Joaquim Coelho da Cruz; EMEB Lúcia Leite Rodrigues; EMEB Apolônio Frutuoso e EMEB Marilce Benedita de Arruda são as beneficiadas nesta etapa inicial do projeto com cerca de 1,6 mil alunos.


Piano Gente traz repertório popular em homenagem aos garis

A edição do projeto “Piano Gente”, desta semana, traz um repertório variado que percorre do Sertanejo, MPB, Rock Nacional e Pop em comemoração ao “Dia do Gari”, comemorado no dia 16 de maio. Os dez garis selecionados pela Secretaria de Serviços Urbanos receberão uma simbólica homenagem em nome todos os profissionais do município.  O evento é nesta sexta-feira (18), a partir das 17h, na Praça Alencastro. 

Na semana passada a Praça Alencastro ficou repleta de pessoas que vieram prestigiar o lançamento do projeto em comemoração ao “Dia das Mães”. Para o secretário Francisco Vuolo a semente foi plantada, o ambiente musical foi criado, agora é dar continuidade preenchendo o coração e os ouvidos da população, estreitando as relações entre o piano e a nossa gente.   

“Estamos muito orgulhosos pela noite inesquecível que o primeiro passo do projeto ‘Piano Gente’ deu. Foi uma noite de alegria em que pudemos homenagear as queridas mamães cuiabanas. Estou muito agradecido ao prefeito Emanuel Pinheiro que nos deu a oportunidade de trazer a música do piano para praça e ainda poder homenagear profissionais tão importantes para nossa cidade como são os garis”, afirmou Vuolo.

O Piano Gente pretende percorrer pontos chave da cidade, mediante cronograma elaborado junto à Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, com o objetivo de promover um intercâmbio cultural entre artistas, alunos e professores de música, cantores, musicistas, com a interação popular.  As apresentações deverão ocorrer todas as sextas-feiras, das 17h às 20h, até os 300 Anos de Cuiabá. Inicialmente, as apresentações estão programadas para o coreto da Praça Alencastro, posteriormente, o piano rodará outros pontos da cidade.

A edição desta semana apresenta  um repertório popular que vai do Sertanejo, MPB, Rock Nacional e Pop: A pianista Cris Puertas selecionou para sua apresentação musical intitulada de “Certas Canções Que Amo’’, os seguiste sucessos: É preciso saber viver - (Roberto Carlos e Erasmo Carlos); Velha Infância (Marisa Monte, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes, Pedro Baby); Já sei namorar (Marisa Monte, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes); Ainda bem (Marisa Monte e Arnaldo Antunes); A noite (Tiê); Fico assim sem você (Abdullah e Cacá Moraes); Todo azul do mar (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos); Você é linda (Caetano Veloso).

O recital vai contar com a participação especial da cantora Waleska Morcillo interpretando as músicas: Tocando em frente (Almir Sater e Renato Teixeira); Caminheiro (Jack); A flor e o beija-flor (Juliano Tchula e Marília Mendonça); Medo bobo (Juliano Tchula); De quem é a culpa? (Juliano Tchula e Marília Mendonça), ainda acompanha a apresentação a dupla Lucas e Henrique, com Coração na contramão (César Augusto e Zezé Di Camargo); Você vai ver (Carlos Colla); Dou a vida por um beijo (Antônio Luiz, Cecílio Nena, Lalo Prado) Destino (Juliano Santana e Júnior Silva); É o amor (Zezé Di Camargo e Luciano).

Ainda no palco, os saxofonistas Fábio Monteiro e Tenor Vidal duelam com temas musicais acompanhados do guitarrista Danilo Bareiro.

Cris Puertas retorna ao palco com as saideiras clássicas populares: Por enquanto (Renato Russo); Apenas mais uma de amor (Lulu Santos); Paciência (Dudu Falcão e Lenine) e Como é grande omeu amor por você (Roberto Carlos e Erasmo Carlos).

Os dez profissionais selecionados para representar os garis durante o evento são: Gevaniu Domingos de Lara, Agnaldo Pontes Alves, Fischer da Silva, Leandro Lemes, Carlebio Ribeiro Paiva, Klynwanlin Batista, Anderson Cutas, Anderson Corra de Morais, Otávio Santana Morais de Lima e Antônio Carlos Santos de Lima.


Governo vai reabrir museus

Em acordo com o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - Condes, o governador Pedro Taques garante a assinatura de todos os contratos dos museus sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Cultura, para o mês junho de 2018. A partir da assinatura dos contratos, os proponentes responsáveis reabrirão os museus em no máximo 60 dias. Por recomendação do Condes, o secretário de cultura Gilberto Nasser já se reuniu com cada OSC proponente, para alguns ajustes necessários nos repasses e metas de execução, que garantirão o pleno funcionamentos dos três museus (Museu de Arte de Mato Grosso e Galeria Lava Pés, Museu de Arte Sacra de Mato Grosso e Museu de História Natural Casa Dom Aquino).

O secretário Gilberto Nasser reforça a importância dos equipamentos culturais para a sociedade e reitera o compromisso assumido com o governador Pedro Taques, de valorizar a cultura de Mato Grosso por meio de toda a classe artística. “Estamos muito felizes em solucionar esse impasse. Desde o primeiro dia da minha gestão, o governador mostrou muita sensibilidade na resolução de tal impasse. E ainda, se faz muito importante reafirmar que os museus e seus acervos em nenhum momento estiveram abandonados", disse Nasser.

O secretário relatou, ainda, que "semanalmente, uma equipe especializada da SEC formada por arquitetos, engenheiros civil e eletricista, historiadores, além de um profissional conservador restaurador, seguindo padrões internacionais de acervos museológicos (Instituto Canadense de Conservação e o Icom e Icrom), garantem a integridade dos acervos de cada museu”.


Quero Mais Cultura chega ao Dom Aquino em comemoração ao mês de aniversário do bairro

O Quero Mais Cultura, é realizado em parceria com a comunidade e associação de moradores, às quintas-feiras de cada mês

A Prefeitura de Cuiabá em parceria com o Instituto Leverger e a Associação de Moradores do bairro Dom Aquino realiza nesta quinta-feira, 17, a partir das 19h, na Praça Nossa Senhora Auxiliadora (conhecida como praça da Cruzinha) no bairro Dom Aquino, o circuito "Quero Mais Cultura" com várias atrações em comemoração ao mês de aniversário do bairro Dom Aquino. As apresentações ficam por conta do humorista Totó Bodega e Grupo de Dança Cigana, fechando a noite com o show do grupo de lambadão R-Som.

Os eventos do projeto percorrem as praças dos bairros da capital, com um caminhão-palco levando arte e cultura, com a proposta de criar um laço cultural entre a população e os artistas locais. A ideia é despertar o crescimento dos artistas da comunidade, impulsionado por artistas já conhecidos, ofertando às comunidades, em especial, aquelas localizados na periferia, momentos de lazer e entretenimento.

Conforme o secretário de Cultura Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, este programa não tem um custo muito alto o que viabiliza a sua realização, além de ser mais um palco para que os artistas cuiabanos e mato-grossenses possam se apresentar e mostrar o seu trabalho.

“Nós sabemos que Cuiabá é um celeiro de talentos e com esta ação, certamente teremos artistas inspirando talentos futuros ao pisar neste palco criado para servir as comunidades mais distantes do centro da cidade, além de trazer inúmeras possibilidades e parcerias”, assegura o secretário.

O programa ainda pretende avançar contemplando outras manifestações culturais do bairro além da música, como mostras de artes plásticas e artesanais, apresentação de peças teatrais, mostras de cinema, festivais musicais e outras ações.

O Quero Mais Cultura é realizado em parceria com a comunidade e associação de moradores, às quintas-feiras de cada mês e conta com o apoio do Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.


Quero Mais Cultura chega ao Dom Aquino em comemoração ao mês de aniversário do bairro

A Prefeitura de Cuiabá em parceria com o Instituto Leverger e a Associação de Moradores do bairro Dom Aquino realiza nesta quinta-feira, 17, a partir das 19h, na Praça Nossa Senhora Auxiliadora (conhecida como praça da Cruzinha) no bairro Dom Aquino, o circuito "Quero Mais Cultura" com várias atrações em comemoração ao mês de aniversário do bairro Dom Aquino. As apresentações ficam por conta do humorista Totó Bodega e Grupo de Dança Cigana, fechando a noite com o show do grupo de lambadão R-Som.

Os eventos do projeto percorrem as praças dos bairros da capital, com um caminhão-palco levando arte e cultura, com a proposta de criar um laço cultural entre a população e os artistas locais. A ideia é despertar o crescimento dos artistas da comunidade, impulsionado por artistas já conhecidos, ofertando às comunidades, em especial, aquelas localizados na periferia, momentos de lazer e entretenimento.

Conforme o secretário de Cultura Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, este programa não tem um custo muito alto o que viabiliza a sua realização, além de ser mais um palco para que os artistas cuiabanos e mato-grossenses possam se apresentar e mostrar o seu trabalho.

“Nós sabemos que Cuiabá é um celeiro de talentos e com esta ação, certamente teremos artistas inspirando talentos futuros ao pisar neste palco criado para servir as comunidades mais distantes do centro da cidade, além de trazer inúmeras possibilidades e parcerias”, assegura o secretário.

O programa ainda pretende avançar contemplando outras manifestações culturais do bairro além da música, como mostras de artes plásticas e artesanais, apresentação de peças teatrais, mostras de cinema, festivais musicais e outras ações.

O Quero Mais Cultura é realizado em parceria com a comunidade e associação de moradores, às quintas-feiras de cada mês e conta com o apoio do Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.


Gincana promove a responsabilidade sustentável dos alunos da rede pública

Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente comemorado no dia 05 de Junho, a Prefeitura de Cuiabá realiza a 8° Gincana Ecológica para os alunos da rede municipal de ensino. Com uma programação inclusiva, a gincana tem por objetivo diminuir os impactos ambientais nas unidades educacionais e na comunidade escolar, eliminando embalagens plásticas recicláveis nocivas ao meio ambiente.

Nesta terça-feira (15), alunos das EMEB’s Raimundo Pombo e Gracildes Melo Dantas receberam palestras e oficinas com o tema “Cuiabá rumo aos 300 anos, Cuidando das Águas”, além de atividades artísticas e culturais com temática ecológica, enfatizando a importância de cuidar do planeta para as futuras gerações.

Fruto de uma parceria entre as secretarias municipais de Meio Ambiente, Serviços Urbanos e Educação como em todos os anos, a gincana realizada pelo município, é um estímulo para cada unidade educacional na arrecadação das embalagens plásticas – garrafas pet.

Ao todo, 15 escolas estão participando da disputa que posteriormente será direcionado a uma cooperativa de catadores parceira do município.

O recolhimento e pesagem das embalagens coletadas será entre os dias 28/05 à 01/06. A divulgação do resultado será durante a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, 05 de junho, no Parque das Águas, a partir das 8h.

A unidade que vencer será contemplada com uma televisão Full HD, troféu e um kit com aula de campo relacionada à temática do projeto para até 40 alunos.


Sedec realiza ação técnica em Sinop e Sorriso em prol dos artesãos

A equipe da adjunta de Empreendedorismo e Investimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio da Coordenadoria de Artesanato, promove nesta quarta e quinta-feira (16 e 17), duas visitas técnicas no interior de Mato Grosso para levar palestras e orientações.

A primeira parada ocorre em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), onde a equipe estará na Casa do Artesão recebendo os artistas manuais para cadastramento e renovação da Carteira do Artesão, das 08h às 11h e das 13h às 17h. Já na quinta (18), o município de Sorriso recebe os técnicos da Sedec, que estarão na Biblioteca Monteiro Lobato atendendo os artesãos locais que desejam atualizar sua situação cadastral no Programa do Artesanato Brasileiro (PAB).

A agência de fomento do Governo, Desenvolve MT, também participará da agenda levando ao conhecimento dos artesãos as atuais linhas de crédito disponíveis para o segmento, como as opções para os microempreendedores e empreendedores individuais. 

Como explica a coordenadora do Artesanato da Sedec, Lourdes Sampaio, essas ações são importantes para fortalecer os canais de comunicação com a classe, saber as demandas e dar as devidas orientações.

“Por estarem distantes da capital, muitas vezes, os artesãos encontram dificuldades para renovarem suas carteiras ou mesmo dar início ao trabalho. Além disso, queremos divulgar mais as linhas de financiamento que podem ajudar muitos deles a crescer na profissão. Ao invés de ficarmos esperando que eles nos procurem, a gente vai ‘in loco’ para mostrar que é possível e que estamos trabalhando pelo segmento”, pontua.

PAB

O cadastro de artesãos e trabalhadores manuais no Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) do Governo Federal e a emissão da Carteira de Artesão é feito de forma gratuita.

Para se cadastrar no PAB, o artesão precisa apresentar ao menos uma peça de sua produção, levar uma foto 3x4, cópia do RG, CPF e comprovante de residência, e preencher a ficha de cadastro que será disponibilizada durante o atendimento. Com o cadastro no PAB o artesão poderá participar de feiras regionais e nacionais, por meio do programa, além de facilitar o acesso à linhas de crédito.

O PAB foi instituído com a finalidade de coordenar e desenvolver atividades que visam valorizar o artesão brasileiro, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico, bem como, desenvolver e promover o artesanato e a empresa artesanal, no entendimento de que artesanato é empreendedorismo.


Seminário marca Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia

"Paremos a homofobia". Este é o tema de um seminário que será realizado na quinta-feira (17.05), no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O evento marcará o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia, com o objetivo de debater a defesa dos direitos da população LGBT (lésbica, gay, bissexual, travesti e transexual).

O preconceito já resultou na morte de oito pessoas em Mato Grosso em 2018, das quais três foram decorrentes de suicídios. Em 2017, de janeiro a dezembro, foram 14 homicídios e em 2016, no mesmo período, foram nove. Os dados são do Grupo Estadual de Combate ao Crime de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Além de monitorar estas informações, a unidade também é responsável por compilar e encaminhar o andamento das denúncias que envolvem crimes desta natureza.

Segundo o secretário do GECCH, major Ricardo Bueno de Jesus, a maioria dos casos ocorre no âmbito familiar e muitos não chegam ao conhecimento dos órgãos de segurança. “Por isso, é muito importante registrar a ocorrência ou denunciar qualquer caso relacionado, para nós acompanharmos e prestar a assistência necessária. É preciso ampliar a consciência de que a única coisa errada é o preconceito”, ressalta. Os canais de denúncia são os Disques 100 / 190 (PM-MT) / 197 (PJC-MT), ou pessoalmente nas delegacias de polícia.

Com o objetivo de qualificar o atendimento ao público LGBT, o Grupo da Sesp também promove palestras e capacitação de servidores da área de segurança e outras instituições. Este ano, a iniciativa já alcançou 341 pessoas e em 2017 havia contemplado 300 participantes. “Acreditamos que com o acolhimento adequado, de forma humanizada, é fundamental para que as pessoas se sintam seguras e registrem crimes de homofobia”, acrescenta o major.

A última palestra, inclusive, realizada no dia 04 de maio, englobou os novos papiloscopistas que tomaram posse na Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), no mês de abril. Com o tema “Atendimento ao cidadão LGBT”, a intenção é trabalhar com os profissionais que estão ingressando no serviço público, para que a rotina de humanização seja colocada em prática desde o início.

Inclusão de campos no BO

Entre os meses de janeiro e abril deste ano, foram registradas 33 ocorrências com motivação homofóbica em Mato Grosso. Durante todo o ano de 2017, este número chegou a 114, e em 2016 foram registrados 69 casos desta natureza. A inclusão da homofobia como motivação de crime nos boletins de ocorrência (BOs) foi um dos avanços conquistados no âmbito da segurança pública, a partir de 2009.

Além disso, em 2010 foi incluído o campo para nome social de travestis e transexuais e em 2016 passou a conter a orientação sexual. De acordo com o secretário GECCH da Sesp, esses campos colaboram com a investigação policial, uma vez que permite a atuação de forma integrada e sistêmica, materializando os índices de criminalidade referentes à população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

A data

O Dia Internacional de Luta contra a Homofobia foi escolhido em alusão à exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS). O fato ocorreu em 17 de maio de 1990, e foi oficialmente declarado em 1992. No Brasil, a data foi oficialmente instituída somente em 04 de junho de 2010.


Página 1 / 2

Próximo »

Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.